Mochilão pela Ásia – 53 dias de Viagem

Finalmente o post com um resumão e roteiro completo do mochilão de 53 dias que fiz pela Ásia, de outubro à dezembro de 2019, saiu do papel. Durante os 53 dias passei por diversos países: Qatar, Tailândia, Laos, Vietnã, Hong Kong e Macau, Malásia, Singapura, Indonésia e, por conta da escala do voo de volta para o Brasil… Inglaterra. Vem com a gente conferir e como planejei essa viagem?!

Mochilão pela Ásia

O Planejamento: Passo a passo antes e depois do roteiro

1º Passo: A primeira coisa que fiz foi procurar a melhor passagem área possível (melhor custo beneficio – $$), saindo e retornando para São Paulo. Eu tinha datas bem flexíveis, o que facilitou bastante. Depois de muita procura achei as passagens.

Comprei uma passagem de São Paulo para Bangkok, com um stopover de 4 dias em Doha – Qatar. E a volta, uma passagem de Bali (Indonésia) para São Paulo. A volta era cheia de longas escalas, mas, foi uma escolha proposital para aproveitar mais dois destinos no caminho para casa. A passagem foi: Bali – Jakarta (1 dia de escala) – Doha (5 horas no Aeroporto) – Londres ( 1 dia e meio de escala) – São Paulo. E sim, deu para conhecer os principais pontos Jakarta e ainda curtir Londres.

2º Passo: Depois dos principais trechos aéreos comprados. Comecei a pesquisar cidades que gostaria de visitar no Sudeste Asiático. Fiz uma lista bem grande, com várias cidades em diversos países. Uma coisa eu já sabia, chegaria na Tailândia, mas precisava ir até a Indonésia pegar o voo de volta. E, eu tinha quase 50 dias para ir de Bangkok até Bali.

Junto com a lista de cidades que gostaria de conhecer, fui escrevendo nela os principais pontos turísticos queria ver, para ja ter uma ideia de quantos dias precisaria ficar em cada lugar. Depois da lista finalizada parti para o 3ºpasso.

3ºPasso: Este foi uma das coisas que mais deu trabalho. Comecei a pesquisar os deslocamentos entre as cidades da lista anterior e montando de fato o roteiro cidade-cidade e dia-dia. No final desta fase, o roteiro estava pronto e todos os deslocamentos aéreos comprados.

4ºPasso: Depois do roteiro finalizado comecei a pesquisar e reservar as hospedagens, e também todos os últimos ajustes para poder embarcar, como o seguro viagem e chip para celular.

5º e últimos passos: Arrumar a mala, pegar o passaporte, câmera fotográfica, ir para o Aeroporto e curtir a viagem.

O roteiro: Mochilão pela Ásia

Depois de pensar bastante e todas as passagens compradas. Este foi o panorama geral da viagem:

mochilão pela ásia, mapa do roteiro
Mapa do Roteiro completo – Mochilão pela Ásia

Um Zoom pelo Sudeste Asiático

roteiro viagem sudeste asiático
Um zoom pelo Sudeste Asiático

Planilha: Roteiro 53 dias de Viagem – Mochilão pela Ásia

1º Dia – deslocamento13/outVoo de São Paulo – Guarulhos para Doha
Qatar – 3 dias14, 15 e 16/outDoha
Tailândia- 8 dias17/outVoo de Doha para Bangkok
18, 19 e 20/outBangkok
21/outIda pra Chiang Mai
22 e 23/outChiang Mai
24/outBate e volta para Chiang Rai
Vietnam – 7 dias25/outIda para Hanoi _ Vietnã
26/outHanoi
27 e 28/outCruzeiro em Halong Bay
29/outVoo a noite – De Hanói para Da Nang
30 e 31/outDa Nang
Hong Kong e Macau- 4 dias01/novIda para Hong Kong
02, 03, 04 e 05/novHong Kong/  Um dia bate e volta para Macau
Tailândia – 9 dias06/novVoo Hong Kong para Phuket, e transfer para Phi Phi
07, 08, 09 e 10/nov Koh Phi Phi
11/novIda para Koh Samui
12, 13 e 14/novKoh Samui, Koh Tao, Koh Pangnan
Malásia – 4 dias15/novIda para Kuala Lumpur
16, 17 e 18/novKuala Lumpur
Singapura – 4 dias19/novIda Singapura
20, 21 e 22/novSingapura/ Sentosa Island
Indonésia – 8 dias23/novIda para Bali
 24, 25, 26, 27 e 28/novBali , Ubud,  e Nusa Penida
29/novIda para Jakarta
30/novJakarta
Londres – 3 dias01/dezIda para Londres
02/dezLondres
03/dezVoo Londres até São Paulo – Guarulhos, à noite
04/dezChegada em Guarulhos

Resumo: O que fazer – Mochilão Ásia

O primeiro dia da viagem foi todo em deslocamento. Peguei um voo que saiu as 3 da manhã de São Paulo (Aeroporto Internacional de Guarulhos), com destino a Doha, no Qatar. Esse trecho teve duração de 16 horas, mas, por conta do fuso horário, cheguei no hotel as 23h30 – horário local. No dia seguinte começaria a explorar a cidade.

3 dias no Qatar

Durante os 3 dias em Doha, pude conhecer: o Museu Nacional do Qatar, o Museu de Arte Islâmica, o Al Corniche, o Souq Wakif (o mercado central da cidade), o Estádio Khalifa, e o Shopping Villagio, o Centro Cultural Katara, a ilha artificial The Pearl (onde fica o Qanat Qartier), além da Biblioteca Nacional do Qatar, o Fanar, a Mesquita Msheireb e o West Bay (onde estão os prédios mais modernos e altos do país).

Diego Cabraitz Arena - Qanat Quartier Doha - Qatar
Eu no Qanat Quartier
Biblioteca Nacional do Qatar
Biblioteca Nacional do Qatar

Post completo com o roteiro em Doha: O que fazer em Doha, Qatar.

8 dias na Tailândia

Depois de Doha, fui para a Tailândia. Mas, o roteiro por lá foi dividido em duas partes. Nesta primeira parte da viagem visitei três cidades: Bangkok, Chiang Mai e Chiang Rai.

Os pontos visitados em 5 dias por Bangkok: Golden Montain, o templo o Wat Saket, o Grand PalaceWat Pho (Templo do Buda Reclinado, o templo Wat Arun, a Khao San Road (uma das principais ruas da cidade), Chinatown, o Wat Traimit Wittayaram (templo do Buda Dourado), o Bangkok City Pillar Shrine, o BACC (Museu e Centro Cultural), o MBK Shopping, o King Power Mahanakhon (o prédio mais alto da Tailândia), a praça Siam Square e o templo Wat Benchamabophit.

Diego Cabraitz Arena - onde ver o por do sol em Bangkok, mochilão ásia
Por do sol em Bangkok

Após Bangkok segui para Chiang Mai, uma cidade localizada ao norte do país. Por lá conheci dezenas de templos. Entre eles: o Wat Loke Mofee, o Wat Phra Singh Waramahaviham, o Wat Sri Suphan (o templo prateado), o Wat Phuong Hong, o Wat Chet Lin, o Wat Muen Tum, o Wat Chang Taem, o Wat Chet Lin, o Wat Chedi Luang Varavihara e o o Doi Suthep (o principal templo da cidade).

Diego Cabraitz Arena - Silver Temple Chiang Mai, roteiro pela ásia
Eu no Silver Temple

Reservei no roteiro um dia inteiro em Chiang Mai para fazer um bate e volta até Chiang Rai, pra conhecer o White Temple, o MAE Khachan Hot Spring (famoso por suas fontes de águas termais), a Long Neck Karen Village (a vila das famosas mulheres girafa) e o Golden Triangle (a tríplice fronteira entre Tailândia, Myanmar e Laos).

White Temple Chiang Rai - diego cabraitz arena, mochilão pela ásia
White Temple Chiang Rai

Posts completos: O que fazer em Bangkok, O que fazer em Chiang Mai, Um dia em Chiang Rai.

7 dias no Vietnã

No Vietnã passei por três cidades: Hanói (a capital do país), Halong Bay e Da Nang.

Em Hanói pude conhecer: o Old Quarter, o Mercado Noturno, a Catedral de St. Joseph, o Templo da Literatura, o Mausoléu de Ho Chi Minh, o templo o One Pillar Pagoda, a Cidadela de Hanói, o Lago Hoan Kiem e a antiga rua de bares da cidade, que funcionava junto com o trilho de trem.

Halong Bay foi um dos destinos que me fizeram incluir o Vietnã no roteiro da Viagem. A área é considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO desde 1994 e considerada uma das 7 maravilhas Naturais do Mundo desde 2007. Por lá há opções de passeios que variam de apenas um dia (o que é muito pouco) à cruzeiros de 4 dias. Fiz um de dois dias e foi incrível!

Diego Cabraitz Arena mirante halong Bay
Eu no mirante da Ilha Dao Ti Top
7 maravilhas da natureza halong bay
Halong Bay

Meu plano era ficar 3 dias em Da Nang, tempo suficiente para conhecer a cidade e seus pontos turísticos, praias e pontes. Porém, o que não estava nos meus planos é que seriam 3 dias de muita chuva, MUITA mesmo, durante o dia e a noite toda. Durante os 3 dias que passei pela cidade conheci apenas um ponto que estava na minha lista: a Ponte do Dragão. Foram dias de descanso total.

Ponte do Dragão em Da Nang
Ponte do Dragão

Posts no blog sobre o Vietnã: Cruzeiro em Halong Bay, O que fazer em Da Nang.

5 dias em Hong Kong + Macau

De Da Nang, peguei um voo para Hong Kong. Onde separei 4 dias inteiros para conhecer Hong Kong e um dia para fazer um bate e volta até Macau.

Em Hong Kong visitei: o Kowloon Park, a Canton Road, o Space Museum,o Hong Kong Art Museum, a Avenida das Estrelas,  o Victoria Peak (o ponto mais alto da cidade), a Graham Street, o templo o Mam Mo, o the Monster Building (um lugar que ficou famoso em postagens no instagram), o Hong Kong Museum of History, o Lady’s Market, o Flower’s Market, o Sky 100, o Grande Buda e a Temple Street.

The monster Building Hong Kong - Diego Cabraitz Arena
The Monster Building

Já em Macau, considerada a Las Vegas da Ásia, mas um lugar que foi território de Portugal até 1999, passei por diversos pontos turísticos, como: a Rua Central, o Largo do Senado, o prédio Instituto para os Assuntos Municipais, a Biblioteca do Senado e a Santa Casa Misericórdia, as Ruínas de São Paulo (um dos principais cartões postais de Macau). Além dos cassinos: o Hotel Grand Lisboa, o Hotel Wynn e o Hotel MGM.

Posts sobre Hong Kong e Macau: Roteiro 5 dias em Hong Kong; O que fazer em Macau

9 dias na Tailândia

Mas, por que eu sai da Tailândia, visitei outros lugares e voltei para a Tailândia?

Fazer um roteiro por um único país de uma vez pode ser melhor, e mais barato. Mas, eu dividi a Tailândia em 2 vezes, por conta das famosas monções que atingem a Ásia. Como eu fui em Outubro, tinha lido em diversos lugares que neste período chovia muito nas ilhas e praias da Tailândia. E não chovia nos países mais ao norte do sudeste asiático ( por lá as chuvas começavam em novembro).

Então, para aproveitar melhor as praias, e sem chuva, enquanto fazia o roteiro, decidi que sairia de Chiang Mai, visitaria o Vietnã, Hong Kong e Macau, e depois voltaria para a Tailândia! Além disso, achei passagens áreas com um preço ótimo para esses lugares.

Continuando:

Em Phi Phi foram 4 dias e conheci: a praia de Tonsai Bay, a praia Loh Dalum, Monkey Beach, Maya Bay, Pileh Lagoon, Bamboo Island e o View Point.

Depois, foram mais 5 dias para conhecer Koh Samui, Koh Tao e Koh Nang Yuan. A ideia era ter um dia destinado para ir à Koh Pangnan, mas no dia que eu tinha reservado para ir até a ilha famosa por suas festas estava chovendo muito, então resolvi ficar relaxando mais um dia em Koh Samui mesmo.

Geralmente

Em Koh Samui pude conhecer: a Lamai Beach, a Chaweng Beach, andar pela Chaweng Road, o templo Big Buddha, o templo Wat Plai Laem, o templo Wat Laem Suwannaram, a Ban Tai Beach e a Lipa Noi Beach.

E, em Koh Tao conheci: a Freedom Beach, a Sairee Beach e a Ilha Koh Nang Yuan, que era o ponto mais esperado deste passeio.

Diego Cabraitz Arena - Mirante Koh Nang Yuam
Eu no Mirante Koh Nang Yuam

Mais alguns posts sobre as praias da Tailândia: O que fazer em Phi Phi, O que fazer em Koh Samui, Um dia em Koh Tao.

4 dias na Malásia

A Malásia possui dezenas de cidades bem interessantes para se conhecer. Mas, nesse roteiro só consegui encaixar a capital: Kuala Lumpur.

Em 4 dias em Kuala Lumpur conheci: as Petronas Towers, a Menara KL Tower, o templo hindu Sra Mahamarianman, a mesquita Masjid Jameck, a mesquita Masjid Negara, a Batu Caves (o maior complexo de templos hindu fora da Índia), a  Merdeka Plaza (a principal praça da cidade), a Kuala Lumpur City Gallery, o bairro Chinatown, o Aquaria e os parques: o KLCC Park e o KL Forest Eco Park.

Post completo sobre o roteiro e dicas de Kuala Lumpur: O que fazer em Kuala Lumpur

4 dias em Singapura

Depois de Kuala Lumpur, segui de ônibus até Singapura. Uma das cidades mais incríveis que conheci nessa viagem. Por lá pude ver: o Gardens by the Bay e o famoso Hotel Marina Bay, o templo hindu Sri Mariamman, o Art Science Museum (Museu de Ciências), a escultura do Merlion, a região do Clarck Quai (cheia de bares e restaurantes), a Fairmont Singapore (a Roda Gigante da cidade), a Explanade Theatre (um prédio bem moderno onde acontecem diversos shows e concertos), e ao Orchad Road, a rua de compras mais famosa de Singapura. Além dos bairros temáticos como: Chinatown, o bairro árabe e o Little India (o bairro indiano).

Marina Bay Sands

Separei o último dia por Singapura para ir até a Ilha de Sentosa e curtir o Parque da Universal, mas, na ilha há diversas outras opções de passeios, como: o parque aquático (Adventure Cove), o aquário (S.E.A Aquarium), diversos restaurantes como o Hard Rock Café e o Din Tai Fung, além de diversos Hotéis, Resorts e praias.

universal studios singapura - diego cabraitz arena
Universal Studios Singapura

Post completo do roteiro em Singapura: O que fazer em Singapura

8 dias na Indonésia

A viagem estava chegando ao fim. E, para fechar o roteiro com chave de ouro decidi ficar 8 dias pela Indonésia, onde passei por quatro lugares: Bali, Ubud, Nusa Penida e Jakarta.

Em Bali e Ubud pude conhecer: o templo Uluwatu, Seminyak, a Ubud Monkey Forest, o Mercado Central de Ubud, a praia de Kuta, o Templo da Purificação Tirta Empul Holy Water, os Terraços de Arroz, o parque Garuda Wisnu Kencana, o Ubud Art Market e a Padang-Padang Beach.

Diego Cabraitz Arena, mochilão pela ásia, templo em Bali
Templo Tirta Empul Holy Water

Durante os dias em Bali, separei um dia para conhecer a ilha Nusa Penida. Lá, o principal cartão postal é a Kelingking Beach, conhecida como a praia do Dinossauro. Mas, ainda pude conhecer: a Broken Beach, Angels Billanbong e Crystal Bay.

Depois de Bali e Nusa Penida, começava a minha jornada de volta para o Brasil. Durante o primeiro trecho do voo, passei por Jakarta, a capital da Indonésia, onde fiquei um dia todo. Tempo suficiente para conhecer os principais pontos da cidade.

3 dias em Londres

Depois de 12 horas de viagem de Jakarta até Doha, 4 horas de espera no Aeroporto, e mais 10 horas de viagem até a Inglaterra. Cheguei em Londres às 23 horas. Apenas sai do aeroporto e fui direto para o hostel.

Sai de 30 graus de temperatura de Bali e cheguei em Londres com -1ºC. Para ajudar, por conta do jetlag, não consegui dormir. Peguei no sono umas 5 horas da manha, mas, como tinha pouco tempo para aproveitar a cidade, às 8 horas já levantei para andar o máximo possível.

Nos próximos dois dias passei por: o British Museum, a JD Malat Gallery, o The National Gallery (a Galeria Nacional), a Trafagal Square, a London Eye, a Westminster Bridge,o Palace of Westminster, a Torre Big Ben, o St James’s Park, o Buckingham Palace, a Piccadilly Circus e a Regent Street, o Sky Garden, o Lloyds Building, o The Gherkin, à Tower of London e o o The Shard.

Em pouquíssimo tempo deu para rever muitos pontos e aproveitar bastante a cidade, que para a minha surpresa, embora bem fria estava com um céu azul. Em 2014 passei 5 dias pela cidade, durante o verão, e todos os dias foram bem nublados. Agora sim, era hora de ir embora. E a viagem tinha chegado ao fim…

O que Comer na Ásia

Já fiz alguns posts aqui no blog com dicas e falando o que comi pela Ásia, como: o que comer na Tailândia e o que comer no Vietnã. Mas, vamos a algumas fotos de pratos bem interessantes e saborosos:

Quanto custa um Mochilão pela Ásia

A pergunta de quanto custa/ custou o mochilão pela Ásia é sempre algo que desperta a curiosidade de muita gente.

É bem difícil falar: com XX mil reais você consegue fazer uma viagem de 50 dias pela Ásia tranquilamente. Tudo varia muito do seu estilo de viagem e suas prioridades.

Exemplo: Eu gosto de me hospedar em hostels, é algo que me faz ecomizar bastante dinheiro em viagens se compararmos com hotéis, mas, por outro lado, eu não fico comendo fast-food e em mercados, ou preparando minha própria comida. Gosto de experimentar a gastronomia local, ir desde a locais que vendem comida de rua à restaurantes. Também gasto bastante indo à Museus e exposições.

Mas, vamos lá. Em uma viagem para a Ásia você vai ter os seguintes gastos: passagem aérea ida e volta, seguro viagem (indispensável), gastos com deslocamentos entre as cidades/ países, hospedagens, alimentação, passeios e diversão e souveniers.

Valores aproximados de base para o Mochilão pela Ásia:

Passagem área: A passagem área é o item mais caro da viagem. As vezes há algumas promoções, em que o trecho de ida e volta, sai em torno de R$1.700 à R$2.000, mas esses valores, dependendo da época do ano e companhia aérea pode chegar a R$5.000 – R$6.000 tranquilamente.

Seguro Viagem: O seguro Viagem para uma viagem de 53 dias pela Ásia, pela Seguros Promo, custa de R$400 à R$700.

Hospedagem: Alguns lugares da Ásia são mais baratos que outros. Por exemplo, em Phi Phi eu fiquei em um hostel bem legal, em frente à praia, por um custo de R$65/ dia com café da manhã. Em compensação, o hostel mais barato que achei em Singapura custou R$150/dia sem café (os hotéis por lá estavam por volta de R$300). Outro ponto, eu gosto de intercalar, as vezes durante a viagem gosto de ficar em hotéis, com um quarto só pra mim. Nesta viagem fiz isso em: Doha (as opções de hostels eram bem ruins) e em Bali (achei um hotel 4 estrelas, de frente para o mar por R$120/ dia com café). No meu caso, a média do valor gasto em hospedagem ficou R$100/dia.

Alimentação: Esse é o ponto da discórdia. Como falei, eu não economizo tanto em alimentação. Comi nessa viagem desde pratos que custaram $2 dólares (comida de rua em Hánoi, Bali, Bangkok), a pratos que custaram $10 em restaurantes em Singapura e Hong Kong. Vai muito do perfil de cada um… Mas, para esse item, gastei uma média de R$50/ dia.

Passeios e Diversão: Eu considero neste item desde um museu, a um Parque de diversões, como o da Universal em Singapura. Para esse item reservei R$20/dia (Alguns dias gastei bem mais que isso, mas, vários outros não gastei nada).

Souvenires: Para esse item, geralmente, eu separo um valor fixo. Esse item vai desde um imã de geladeira e bandeiras para colcar na mala, a um presente para algum familiar.

Falei falei e não cheguei a um número final hahah. No meu caso, nesta viagem, somando alimentação + passeios + souvenir eu cheguei a aproximadamente R$200 / dia, fora a passagem de ida e volta e passagens entre os países. Lembrando que esses valores foram referente a outubro/novembro/dezembro de 2019, e esse gasto varia de pessoa para pessoa. Mas, é uma base para seu mochilão pela Ásia!

Planejando seu Mochilão pela Ásia

Organize e planeje seu mochilão pela Ásia através do nosso blog. Temos parcerias com algumas grandes empresas, que possuem ótimos preços e serviços de qualidade. Utilizando os serviços abaixo através do Uma Viagem Diferente, você ajuda a manter o blog no ar e ainda garante o melhor preço. Economizando na sua viagem!

HOSPEDAGEM para seu mochilão pela Ásia→ Garanta o melhor preço com o Booking.com
ALUGUEL DE CARRO → Alugue um carro com a Rentcars
SEGURO VIAGEM para seu mochilão pela Ásia→ Viaje com segurança com a SegurosPromo
PASSAGEM AÉREA → Encontre passagens baratas com a PassagensPromo

Blogagem Coletiva: Roteiro de Viagem

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva com alguns blogs amigos, com o tema: Roteiro de Viagem. Vem ver sobre o que eles escreveram também?

E você, gostou desse roteiro de Mochilão pela Ásia? Já foi para algum país do sudeste asiático? Quer fazer uma viagem dessas? Compartilhe com a gente!

Hasta luego e até o próximo post,

Diego Arena

18 comentários em “Mochilão pela Ásia – 53 dias de Viagem

  • Pingback: O que fazer em Munique, Alemanha: roteiro de 1, 2 ou 3 dias

  • Pingback: Roteiro de Viagem: Belo Horizonte em 2 dias | Chicas Lokas na Estrada | Dicas de viagem

  • Pingback: O que fazer em Madrid em 1 dia - De Lugar Nenhum

  • 26/03/2021 em 13:25
    Permalink

    Cara que incrível o seu roteiro! Um mochilão de 53 dias pela Ásia é praticamente um sonho. Estou planejando um sabático em 2022 e quero muito fazer isso que você fez, adorei a organização. Um forte abraço!

    Resposta
  • 26/03/2021 em 20:55
    Permalink

    Oi, Diego. Já passei da idade de fazer mochilão, mas adorei suas dicas completas sobre o seu mochilão pela Ásia. Quem sabe meu filho faça isso um dia. Beijos

    Resposta
    • 27/03/2021 em 15:42
      Permalink

      Diego, amei esse roteiro de Mochilao de 53 dias pela Ásia. Tenho muita vontade de conhecer algumas cidades que você visitou e usarei, com certeza, seu excelente roteiro. Parabéns pelos detalhes, fotos e dicas. Beijocas

      Resposta
      • 28/03/2021 em 12:21
        Permalink

        Olá. Fico feliz que tenha gostado 😀
        A Ásia é incrível! Com certeza vai gostar muito quando visitar 😀 😀

        Resposta
    • 28/03/2021 em 12:23
      Permalink

      Durante a viagem, encontrei muita gente de 50/ 60 anos fazendo um “mochilão” pela Ásia também viu. Viagens até mais longas que a minha e passando por vários outros países. A única diferença que eles buscavam sempre algo mais confortável, como um ótimo hotel, comer nos melhores lugares. Achei bem legal quando os vi pelo caminho.
      beijos! 😀

      Resposta
  • 27/03/2021 em 19:21
    Permalink

    Adorei seu roteiro pela Ásia, Diego, me pareceu bem organizado. Você acha que o tempo que ficou em cada lugar foi o suficiente ou teria ficado mais ou menos?

    Resposta
    • 28/03/2021 em 12:18
      Permalink

      Olá. Muito obrigado 😀
      Então, no geral eu achei que funcionou bem o roteiro. Mas, eu ficaria dois dias a mais em Bangkok, um para visitar Ayutaya e outro para ir até o mercado flutuante, que fica um pouco longe. Duas coisas que não consegui fazer. Ja é uma desculpa para voltar para a Tailândia né? haha.

      Durante a viagem também descobri várias outras cidades próximas, que se eu tivesse mais tempo dava para conhecer. Todas anotadas para a próxima trip pela Ásia! Mas no geral todos os dias que reservei funcionaram muito bem 😀

      Resposta
  • 29/03/2021 em 18:03
    Permalink

    Que roteiro maravilhoso. Ficar viajando 53 dias pelo sudeste asiático é um sonho! Gostei muito do seu roteiro e achei ótimo e super explicadinho o passo a passo para montar o roteiro. É difícil programar uma viagem ainda mais tão longa, mas você fez isso super bem!!!

    Resposta
  • 30/03/2021 em 07:47
    Permalink

    Roteiro completinho de mochilão pela Ásia e uma viagem dos sonhos, né? Haja fôlego! Assim como você, eu também prefiro economizar em hospedagens e investir em experiências gastronômicas. Confesso que a hora mais esperada sempre do dia é o almoço e o jantar! hahaha

    Resposta
  • 30/03/2021 em 20:58
    Permalink

    Diego, que arraso esse mochilão! Deve ter sido maravilhoso conhecer tanto lugar lindo! Fico imaginando as histórias que você tem pra contar… Adorei o post!

    Resposta
  • 31/03/2021 em 19:34
    Permalink

    Ah, eu simplesmente AMO MUITO a Ásia. Eu bem ia fazer essa viagem maravilhosa, pena que o coronga não deixou. De qualquer forma, salvei aqui suas preciosas dicas, pra depois viajar. Parabens pelo post. Obrigada por compartilhar

    Resposta
  • 31/03/2021 em 21:45
    Permalink

    Essa é uma viagem que ainda farei. Seu roteiro está super completo. Já salvei suas dicas aqui. Amei seu mochilão Diego!

    Resposta
  • 06/04/2021 em 16:05
    Permalink

    Que sonho esse roteiro de 53 dias de viagem pela Ásia. Eu adoraria fazer esse mochilão! Suas dicas estão incríveis.

    Resposta
  • 06/04/2021 em 16:37
    Permalink

    Eu fui em 2016 e fiquei 40 dias. Concordo contigo, que a logística é bem complicada e trabalhosa de se fazer, mas no final, a viagem fica do jeitinho que a gente planeja 🙂
    Eu fiz Tailândia, Laos, Camboja e Indonésia. Ainda volto para fazer Filipinas, Malásia e China.
    Ainda bem que planejou a sua viagem em 2019, mas um pouquinho, já ficaria difícil de viajar devido o covid19.

    Resposta
  • 07/04/2021 em 04:16
    Permalink

    Que incrível seu mochilão pela Ásia com roteiro de 53 dias de viagem, Diego, um verdadeiro sonho passar tantos dias visitando vários países e cidades, conhecendo atrações maravilhosas, praias sensacionais e gastronomia rica e exótica. Adoraria seguir seu roteiro, deve ter sido tudo maravilhoso pelo visto. Parabéns pela linda viagem!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.