O que fazer em Kuala Lumpur, capital da Malásia

Depois de quase 18 dias pela Tailândia, construções mais antigas e praias, era hora de ver uma das cidades mais modernas do sudeste asiático, com sua arquitetura moderna e arranhas-céus. Fiquei 3 dias inteiros em Kuala Lumpur, a capital da Malásia, e, embora pouco tempo, foi o suficiente para conhecer os principais pontos da cidade. Vem com a gente conferir o que fazer em Kuala Lumpur?!

O que fazer em Kuala Lumpur

Petronas Tower

As Petronas Twin Towers, ou Torres Petronas, são dois arranha-céus com 88 andares e 452 metros de altura cada, projetados pelo arquiteto Cesar Pelli que desde 1998 se tornaram o grande cartão postal de Kuala Lumpur e da Malásia. As Petronas foram construídas para serem os prédios mais altos do mundo, mas hoje, já ocupam a 14ª posição. 

Minha dica é visitar as torres à tarde, tirar umas fotos, aproveitar para conhecer o Shopping KLCC que fica localizado no interior do edifício, o Parque KLCC, que fica ao lado das Torres e voltar a noite para tirar mais algumas fotos com as luzes acessas. 

Há um tour pelo prédio que passa pelo deck de observação no andar 86 e pela ponte que interliga os dois edifícios, no andar 41, mas eu não visitei. A fila para comprar o ingresso estava gigantesca e não estavam mais vendendo on-line para o dia que eu queria (ficou para uma próxima). 

Menara KL Tower

A Menara KL Tower, construída em 1995, tem 421 metros de altura e é considerada a 7ª torre mais alta do mundo. Este é um dos principais pontos para ver Kuala Lumpur do alto, além disso está localizado no meio do KL Forest Eco Park, um parque bem interessante. 

Templos em Kuala Lumpur

Há vários templos espalhados por Kuala Lumpur. Durante os três dias que fiquei pela cidade, passei pelos templos chineses Sin Sze Siya e o Guan Di Temple e pelo templo hindu Sra Mahamarianman, considerado o templo hindu mais antigo da Malásia.

Templo hindu em kuala lumpur
Sri Mahamariamman

Além desses, também podemos visitar: o Chan She Shu Yuen Ancestral Hall, o Kuan Yin Temple e, um pouco mais afastado do centro da cidade e no alto de uma montanha, está o Templo Thean Hou, dedicado a deusa Tian Hou.

Mesquitas em Kuala Lumpur

Além dos templos, há duas importantes mesquitas na cidade que merecem entrar no roteiro: a Masjid Jameck e a Masjid Negara. 

A Masjid Jameck, é considerada a mesquita mais antiga da cidade, construída em 1909. A visita acontece diariamente e é gratuita. Para entrar na mesquita é necessário estar com roupas que cubram os ombros e pernas, as mulheres devem usar um véu para cobrir o cabelo. Mas, caso tenha ido despreparado, na entrada da mesquita eles emprestam túnicas para realizar a visita. 

Você pode conhecer toda a área externa e também a área onde é realizada as orações. Há diversas pessoas que ficam dentro da mesquita prontas para explicar tudo o que você quiser saber sobre a religião. Bem interessante.

A mesquita Masjid Negara, também conhecida como Mesquita Nacional de Kuala Lumpur, foi construída em 1965 e tem capacidade para até 15 mil pessoas. A arquitetura desta mesquita é bem marcante e moderna. Sua cúpula principal, diferente das outras mesquitas, tem o formato de uma estrela de 18 pontas, que representam os 13 estados da Malásia e os cinco pilares do Islã: fé, oração, caridade, jejum e peregrinação.

Mesquita Masjid Negara - mesquita em kuala Lumpur
Interior da Mesquita Masjid Negara

Para fazer a visita é necessário vestir uma túnica, cobrindo o corpo todo e o cabelo, e deixar os tênis e sapatos do lado de fora da mesquita e entrar descalço (mas fique tranquilo que ninguém mexe).

Durante a visita, assim como na Masjid Jameck, há pessoas prontas para explicar sobre o islamismo e sobre a arquitetura e projeto da mesquita. 

Dieg Cabraitz Arena - Mesquita Masjid Negara Kuala Lumpur
Eu na Mesquita Masjid Negara

As visitas acontecem diariamente das 9h às 12h, das 15h às 16h, e das 17h30 as 18h30. Às sextas-feiras somente das 15h às 16h e das 17h30 às 18h30.

Batu Caves

Batu Caves é um dos pontos turísticos mais famosos da Malásia e é considerado o maior complexo de templos hindu fora da Índia. Em 2018 teve sua escadaria de concreto pintada com diversas cores, o que deixou o local com um visual ainda mais chamativo.

Há alguns templos e lojinhas no acesso e, após a escadaria de 272 degraus, há 3 cavernas, onde estão os principais templos do complexo e alguns santuários. 

o que fazer em batu caves - como ir para batu caves
O Acesso à Batu Caves

Dica: Se você tem medo de macacos este pode ser um passeio que pode ser repensado. São centenas de macacos que ficam andando em todo o complexo. Além disso, eles são bem espertos e estão sempre prontos para “roubar” os turistas. Fique atento com sua câmera, celular, óculos de sol e… andar com comida na mão não é uma boa ideia.

Escultura de uma deusa hindu em batu caves
Escultura de uma Deusa hindu em Batu Caves

Batu Caves está localizada a aproximadamente 12 km do centro da cidade. O jeito mais barato e fácil de chegar à Batu Caves é indo de trem, uma viagem de aproximadamente 15 minutos.

Praça Dataran Merdeka

A Dataran Merdeka, ou Merdeka Plaza, é a principal praça da cidade, local onde foi proclamada a independência da Malásia. É la que podemos ver o enorme mastro, com 95 metros de altura, no local onde a bandeira do país foi erguida pela primeira vez.

A praça fica ao lado do edifício Sultan Abdul Samad Building, construído em 1897, um símbolo da colonização britânica na Malásia, onde hoje funciona os Ministérios da Informação, Comunicação e Cultura da Malásia. Outros pontos turísticos bem próximos são: a Masjid Jameck, a Masjid Negara e a Kuala Lupur City Gallery.

praça em kuala lumpur
Merdeka Plaza

Kuala Lumpur City Gallery

A Kuala Lumpur City Gallery é uma pequena galeria localizada praticamente em frente a Merdeka Plaza. Em seu acervo podemos ver fotos, maquetes e pinturas que contam sobre a história da cidade e do país. Mesmo que você não goste de galerias e museus vale a pena ir até lá para tirar a famosa foto no letreiro I KL, que fica do lado de fora do edifício.

Chinatown

Chinatown é bairro chinês de Kuala Lumpur. O principal ponto turístico para se conhecer por ali é a Petaling Street, uma rua que lembra muito a famosa 25 de Março, de São Paulo, um bom local onde você encontra de  tudo e é um ótimo lugar para comprar bugigangas e souvenires baratos. À noite a rua fica ainda mais movimentada, principalmente em torno das barraquinhas que vendem comidas típicas e bebidas alcoólicas. 

É também neste bairro que está o Mercado Central, outro ponto que vende de tudo que você imaginar, porém com uma qualidade maior que na Petaling Street (o preço também é maior). Ao lado do mercado fica a Katsuri Walk, mais uma rua destinada à compras. Resumindo, Chinatown é o local para compras de rua! 

Museus de Kuala Lumpur

Confesso que durante os 3 dias que fiquei em Kuala Lumpur não visitei nenhum museu, apenas passei em frente ao Kuala Lumpur City Gallery para tirar a foto no letreiro que fica do lado externo da galeria, mas, se a ideia for visitar alguns museus pela cidade as dicas são: o Museu Nacional, que conta a história do país; o Islamic Arts Museum Malaysia, considerado o maior museu de artes islâmicas do sudeste asiático; e o Royal Museum, que funciona na antiga residência real da Malásia. Ambos devem ser bem interessantes.

Aquaria – o Aquário de KL

O Aquaria é um oceanário localizado no subsolo do Centro de Convenções de Kuala Lumpur, no centro da cidade e bem próximo das Petronas Tower e do Parque KLCC. 

Visitei o aquário no meu último dia pela cidade. Lá, podemos ver diversos peixes, como o peixe-leão, o peixe palhaço e a “Dory”, além de aquários com peixes de água doce, arraias, moreias, cavalos marinhos e corais. Mas, a área que mais chama a atenção é o enorme túnel, de 90 metros de comprimento, onde podemos ver sobre nossas cabeças vários tubarões, araiás e centenas de peixes. Este é um passeio interessante, principalmente se você estiver com crianças.

Aquario em kuala Lumpur - Aquaria
Peixe leão no Aquário de Kuala Lumpur.

O ingresso custa MYR 39, meia entrada, e MYR 69 a inteira (preço de dezembro/2019).

Parques em Kuala Lumpur

Se a ideia for visitar algum parque em Kuala Lumpur, algumas opções são: o KLCC Park, que está localizado atrás das Petronas Tower e do Aquário da cidade; o KL Forest Eco Park, é um parque floresta no meio de uma cidade grande; o KL Bird Park, que é considerado o maior aviário de voo gratuito do mundo; o Botanical Garden, o jardim botânico; além do Jardim das Orquídeas e Parque das Borboletas.

Geralmente

Shoppings – Onde comprar em Kuala Lumpur

Se a ideia for fazer compras em Kuala Lumpur, saiba que a cidade possui dezenas de shoppings center e centros de compras. Entre eles podemos citar: Pavilion Shopping, o Plaza Low Yat, o Berjaya Times Square, o Starhill Gallery, o Fahrenheint 88, o Lot 10 e o Sungei Wang Plaza

O que comer em Kuala Lumpur

Há muitas opções de locais para comer em Kuala Lumpur. Um dia eu comi um prato de arroz, porco, legumes e ovo no Mercado Central da cidade, que possui uma praça de alimentação com várias opções de restaurantes com preços bem em conta. Outro dia comi ramem em um restaurante de Chinatown e no ultimo resolvi comer no KFC haha. 

É possível encontrar de tudo em Kuala Lumpur, desde os grandes fast foods até barraquinhas de rua que vendem comidas locais. E por falar em comida local..

Na minha última noite na cidade, conheci dois meninos no hostel, que eram de Singapura e sempre iam para a Malásia passear. Depois de uma conversa me levaram para conhecer a Jalan Alor, uma rua repleta de restaurantes locais e comidas típicas da Malásia e da Ásia, para experimentar alguns pratos locais (MEDO). 

O local é BEM cheio e os restaurantes colocam mesas espalhadas na rua. É só escolher o restaurante ou comida que mais te agrada e sentar em uma delas. No geral são bem baratos.

Os pratos escolhidos foram: arraia, lala (mariscos), arroz, espetinho de carne de porco e frango, e vegetais, tudo acompanhado de suco de milho, que é bem famoso em várias regiões da ásia. Para minha surpresa, e sorte, tudo estava bem gostoso!

Depois de comer paramos em uma outra barraquinha, que vendia uma fruta bem típica, chamada durian. O aspecto desta fruta lembra muito a jaca. Os meus “novos amigos” falaram que eu não podia falar que tinha feito uma viagem pela ásia sem experimentar esta fruta. Ok, fui provar e …. com certeza … a PIOR coisa que já comi na vida. Depois desta noite, todas as vezes que eu sentia o cheiro de durian pelas ruas eu só tinha vontade de … vomitar. Mas, tem gente que gosta! Questão de costume, segundo meus amigos hahah

Preciso de Visto para visitar a Malásia?

Brasileiros não precisam de visto para visitar a Malásia, se estiverem a passeio por até 90 dias. Porém, se você for ficar mais do que esse período, é necessário visto, que deve ser solicitado no Brasil.

Onde se Hospedar em Kuala Lumpur

Kuala Lumpur possui centenas de opções de hospedagem, para todos os tipos de pessoas e bolsos. Separei neste post algumas opções, desde hotéis 5 estrelas à hostels, todos linkados para o Booking, onde podemos ver mais informações e preços.

Hotéis 5 estrelas: The Majestic Hotel Kuala Lumpur – Autograph Collection, Pullman Kuala Lumpur City Centre Hotel, Dorsett Kuala Lumpur, Mandarin Oriental e o Sangri-La Hotel Kuala Lumpur.

Opções de Hotéis 4 estrelas: Impiana KLCC Hotel, Ibis Kuala Lumpur City Centre, citizenM Kuala Lumpur Bukit Bintang, Mercure Kuala Lumpur Shaw Parade e o Element Kuala Lumpur by Westin.

Hotéis 3, 2 e 1 estrela: Greystone Boutique Hotel, Komune Living, Holiday Inn Express, Leo Palace New Wing e o Bunk & Bilik Hotel Sri Petaling

Hostels: Penthouse on 34, Amthyst Dorm KLCC, Kitez Hotel & Bunkz, Reggae Mansion Hostel Kuala Lumpur e o Mingle Highstreet.

Preciso de Seguro Viagem?

A dica é sempre viajar com seguro viagem, não só na Malásia, mas qualquer país. A Ásia é responsável por um dos maiores acionamentos de seguro, geralmente por pessoas passando mal devido a alimentação. A Seguros Promo sempre tem ótimas promoções, e por esse link, tem desconto. 🙂

Planejando sua Viagem para Kuala Lumpur

Organize e planeje sua viagem através do nosso blog. Temos parcerias com algumas grandes empresas, que possuem ótimos preços e serviços de qualidade. Utilizando os serviços abaixo através do Uma Viagem Diferente, você ajuda a manter o blog no ar e ainda garante o melhor preço. Economizando na sua viagem!

Hotéis em Da Nang → Garanta o melhor preço com o Booking.com
CHIP DE INTERNET → Já saia do Brasil com chip de internet com a Viaje Conectado
SEGURO VIAGEM → Viaje com segurança com a SegurosPromo
PASSAGEM AÉREA → Encontre passagens baratas com a PassagensPromo

Bom, essas são algumas dicas do que fazer em Kuala Lumpur. E você já conheceu ou quer conhecer o lugar? Curtiu? Compartilhe sua experiência conosco.

Hasta luego e até o próximo post.

Diego Arena

14 comentários em “O que fazer em Kuala Lumpur, capital da Malásia

  • 28/05/2020 em 22:56
    Permalink

    Achei ótima suas dicas de o que fazer em Kuala Lumpur, na Malásia! Sensacional as Batu Caves, deve ser muito impactante conhecer pessoalmente, deve ter uma energia bacana…

    Resposta
    • 03/06/2020 em 11:11
      Permalink

      É muito bacana mesmo a energia do lugar, as cores, os deuses, o templo no interior da caverna. Batu Caves atrai milhares de pessoas! Lugar imperdível em Kuala Lumpur! 🙂

      Resposta
  • 29/05/2020 em 15:52
    Permalink

    Adorei esse post sobre o que fazer em Kuala Lumpur. Sou doida pra conhecer a Malásia, seus templos, cultura e claro, as Batu Caves. Mas confesso que também tenho “medo”das comidas kkkk. Parabéns pelo post super detalhado, vai me ajudar muito.

    Resposta
    • 03/06/2020 em 11:10
      Permalink

      Sempre ficamos com um pé atrás com a comida né? Eu mesmo só tive coragem de me arriscar um pouco mais por conta dos novos amigos que fiz, se não… teria ficado na minha zona de segurança haha.

      Resposta
  • 29/05/2020 em 21:10
    Permalink

    Dessas atrações em Kuala Lumpur a que eu mais tenho vontade de conhecer é a Batu Cave. Deve ser incrível.

    Resposta
    • 03/06/2020 em 11:08
      Permalink

      Batu Caves é muito incrível! Tomara que você consiga ir um dia, tenho certeza que vai curtir bastante! 😀

      Resposta
  • 31/05/2020 em 01:02
    Permalink

    Passar 18 dias na Malásia deve ser tudo de bom. Nós três dias que reservou para capital conseguiu fazer muita coisa heim? Fiquei doida para ver esse arranha céu de perto

    Resposta
    • 03/06/2020 em 11:07
      Permalink

      3 dias é um tempo bem suficiente pra aproveitar Kuala Lumpur. As Petronas são um charme a parte, um dos prédios mais bonitos que já vi 😀

      Resposta
  • 01/06/2020 em 21:31
    Permalink

    Adorei também Kuala Lumpur, uma cidade tão cosmopolita e linda. A zona de Little India é a minha preferida mas Chinatown também é encantadora demais.

    Resposta
    • 03/06/2020 em 11:06
      Permalink

      Muito bacana essas “pequenas cidades” dentro de uma cidade tão grande né. Ambas são muito interessantes 🙂

      Resposta
  • Pingback: Batu Caves, o Templo Hindu de Kuala Lumpur - Uma Viagem Diferente

  • 24/06/2020 em 13:38
    Permalink

    Caramba, quanta coisa bacana para fazer em Kuala Lumpur.
    Não sei porque, mas sempre pensei que em um ou dois dias daria para visitar tudo.
    Bom saber que tem atrações até pra mais de três dias de roteiro!

    Tenho muita vontade de conhecer a Batu Caves!

    Ótimas dicas.

    Abraço

    Resposta
  • Pingback: Aquaria: o Aquário de Kuala Lumpur, na Malásia - Uma Viagem Diferente

  • 17/07/2020 em 13:04
    Permalink

    Tem tanto o que fazer em Kuala Lumpur, ne? Em nossa viagem de mais de 4 anos voltamos DIVERSAS vezes para essa capital maravilhosa e uma das coisas que mais fazemos é COMER haha como a comida é deliciosa! Adorei as dicas e vou seguir algumas na próxima visita

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.