/Museu Nacional do Qatar, em Doha
Diego Cabraitz Arena - O que fazer em Doha

Museu Nacional do Qatar, em Doha

Atualizado em

O Museu Nacional do Qatar (National Museum of Qatar) foi inaugurado em março de 2019 e já se tornou um dos pontos mais importantes do país, atraindo os turistas que visitam Doha. Vem com a gente conferir como foi nossa visita pelo museu?!

Museu Nacional do Qatar

Projetado pelo arquiteto francês Jean Nouvel, que já foi vencedor do Prêmio Pritzker, o prédio foi inspirado em uma rosa do deserto, que é uma formação rochosa típica dos desertos do golfo pérsico, resultante da cristalização de sais minerais nas bacias rasas de sal da região. 

Passei um tempo no lado externo do edifício admirando a construção. São vários discos, que se apoiam um nos outros, tanto no exterior quanto no interior do prédio. E você fica pensando como eles estão encaixados e vendo todos os detalhes.

O que fazer em Doha - Museu Nacional do Qatar
Área externa – Museu Nacional do Qatar
Museus em Doha - National Museum of Qatar - Jean Nouvel
Fachada

Embora um calor de 36º C, não havia ninguém de shorts andando pelo museu. 

Diego Cabraitz Arena - O que fazer em Doha
Eu, na área externa do Museu

Depois de ver a área externa, segui até a bilheteria, comprei o ingresso e fui conferir o acervo do museu. Até então, nunca tinha pesquisado sobre o que encontraria no interior do Museu e para mim foi uma verdadeira surpresa.

O Acervo do Museu Nacional do Qatar

São 8 mil metros quadrados destinados à exposições temporárias e acervo  permanente. O Museu conta a história do Qatar em 3 fases: Origens, Vida no Qatar e História Moderna do Qatar. Passando desde a cultura nômade dos pescadores de pérolas até os dias atuais e o cenário do petróleo e do gás natural.

Tudo bem interessante e tecnológico. Todos os “discos” que vemos na área externa do prédio também estão na área interna, e neles há diversas projeções de desenhos, filmes e imagens, o que deixa o local único.

Projeto Museu Nacional do Qatar, em Doha
Acervo

Além das paredes com projeções, há uma área com vários tapetes com gravuras típicas do Qatar, além de exemplos de plantas que crescem na região e os animais que vivem no deserto.

Exposição Museu Nacional do Qatar
Tapetes
National Museum of Qatar, Doha
Plantas do deserto

Depois de conferir todo o museu, e antes de ir embora,  passei pela Lojinha, toda feita em madeira. Quando entramos nela parece que estamos dentro de uma gruta. Ao entrar não deixe de olhar para cima, é demais.

Com relação aos preços da Lojinha, é basicamente a mesma coisa de lojas de museus. Por ali encontramos alguns souvenires, mas no Souq Waqif a variedade é maior e o preço bem mais em conta.

Saí do museu e estavam hasteando a bandeira do Qatar, esperei para tirar uma foto e segui para outro ponto, havia muito o que conhecer ainda.

Bandeira do Qatar
Bandeira na área externa do Museu

Quanto Custa para visitar o Museu 

O ingresso para visitar o interior do Museu Nacional do Qatar custa 50 Rials (inteira) e 25 Rials (meia entrada para estudantes ou moradores da cidade de Doha) – preço de outubro de 2019.

Em outubro o cambio estava 1 dólar americano = 4,35 Rials. 

Planejando sua Viagem para Doha

Organize e planeje sua viagem através do nosso blog. Temos parcerias com algumas grandes empresas, que possuem ótimos preços e serviços de qualidade. Utilizando os serviços abaixo através do Uma Viagem Diferente, você ajuda a manter o blog no ar e ainda garante o melhor preço. Economizando na sua viagem!

HOSPEDAGEM → Garanta o melhor preço com o Booking.com
CHIP DE INTERNET → Já saia do Brasil com chip de internet com a Viaje Conectado
SEGURO VIAGEM → Viaje com segurança com a SegurosPromo
PASSAGEM AÉREA → Encontre passagens baratas com a PassagensPromo

Bom, esse foi um pouco do que foi visitar o Museu Nacional do Qatar, em Doha. E você vai para lá ver a Copa do Mundo? ou, Já foi para o Qatar e viu esse museu? O que achou? Compartilhe sua experiência conosco.

Vai para Doha e quer mais dicas do que fazer por lá? Não deixe de ver o nosso post:

Hasta luego e até o próximo post.

Diego Arena