4 dias em Nova York. Dicas do que fazer e roteiro

Nova York é GI-GAN-TE, quanto mais você anda pela cidade, mais prédios, museus, restaurantes, cafés, galerias, esculturas, igrejas etc, você vai achando pelo caminho. Montar um roteiro de 4 dias em Nova York é um tanto quanto difícil. Eu mesmo, como tinha poucos dias para conhecer a cidade, escolhi alguns pontos específicos, mas, pelo caminho, sempre parava em algum lugar que falava: Wow, ainda bem que passei por aqui, não estava no meu roteiro. 

Neste post conto como ficou o meu roteiro, os principais pontos que escolhi para conhecer em cada dia, e também tudo que eu acabei fazendo “sem querer”. Vem com a gente conferir?!

4 dias em Nova York, O que fazer?

Dia 01

Eu havia chegado em Nova York na noite anterior, vindo de San Diego. Como era bem tarde apenas jantei e fui para o hostel descansar, começaria a explorar a cidade apenas na manhã seguinte.

O 1º dia começou bem cedo. O primeiro ponto escolhido foi a Times Square, uma das principais avenidas da cidade e do país, com seus enormes outdoors de propagandas. Fiquei impressionado com a alta resolução de todos eles.

No caminho do metro até a Times, passei pela Broadway e vi alguns dos mais famosos teatros da cidade, como o teatro onde acontece a peça do Harry Potter e a Criança Amaldiçoada.

o que fazer em Times Square
Times Square

Após um tempo por ali segui em direção ao Rockefeller Center e da Catedral St Patrick´s, uma das catedrais mais famosas da cidade. No caminho encontrei a Igreja St Mary, que me surpreendeu com seu teto todo azul repleto de estrelas. Muito bonito!

St Mary Catedral - Igreja com teto azul em Nova York
St Mary Catedral

A próxima parada foi a Biblioteca Pública de Nova York e, depois, a Grand Central Terminal. Impossível não se lembrar de vários filmes estando nestes lugares. Ahh, bem perto da estação está o Chrysler Building, o 7º edifício mais alto do país, com 319 metros de altura.

Biblioteca Publica de Nova york - roteiro em Nova york
Biblioteca Pública de Nova York
Estação Central Nova York - Diego Cabraitz Arena
Estação Central – 4 dias em Nova York

Da Estação Central segui ate o prédio sede da ONU (Organização das Nações Unidas), que foi projetado pelo Oscar Niemeyer e Le Corbusier.

É possível fazer uma visita guiada pelo interior do prédio, que deve ser agendada antecipadamente pela internet. Em breve farei um post contando como foi fazer a visita. 

Passeio de Barco em Nova York - ONU
O Prédio da ONU (Organização das Nações Unidas)

Depois do Tour pela ONU, peguei um metrô com destino ao One World Trade Center. Desci na Estação The Oculus, que tem uma arquitetura bem única e imponente, projetada pelo Santiago Calatrava, o mesmo arquiteto que projetou o Museu do Amanhã do Rio de Janeiro. 

Dentro do Oculus, funciona o Westfield Mall, um shopping center com cerca de 100 lojas, considerado o maior de Manhattan.

Oculus - Santiago Calatrava em Nova York
The Oculus, projetado por Santiago Calatrava

Fiquei o restante da tarde pela região. Vi o One World Trade Center, o Memorial do 11 de Setembro e Museu do 11 de Setembro

Apesar de já ter se passado muitos anos do atentado terrorista e a área estar completamente reformada, restaurada e nova, o clima nesta área deve continuar o mesmo, com um ambiente bem pesado.

Enquanto você está na rua, ou em frente ao The Oculus, é possível ver várias pessoas se divertindo, rindo, felizes por estarem em Nova York, mas, quando você se aproxima do Memorial do 11 de Setembro… você vê pessoas tristes, nenhum sorriso e silêncio. 

Memorial 11 de setembro
Memorial 11 de Setembro

O mesmo acontece no Museu do 11 de Setembro. O Silêncio reina em todo o museu. Lá podemos ver toda a história das Torres Gêmeas, desde seu projeto, construção, histórias de sucesso de escritórios e pessoas que trabalhavam no prédio, até o dia do atentado, a rota dos aviões, as reportagens que passaram na TV, imagens, depoimentos etc.

Este é um museu que você tem que estar ciente do que vai encontrar antes de entrar, e pensar se realmente quer fazer a visita. 

Uma dica: Depois de passar pelo Memorial e pelo Museu, você pode subir no topo do One World Trade Center e visitar o Observatory, que dizem ter uma vista maravilhosa de toda a cidade. 

One World Trade Center Nova York
One World Trade Center Nova York

Bem perto do edifício, podemos ver a loja Century 21, a loja Eataly e Wall Street.

Para finalizar o dia segui até o rooftop do hotel The Standard High Line NY, em Chinatown, para ver o por do sol (que estava incrível por sinal). Além disso aproveitar para jantar em um dos diversos restaurantes que haviam pela região. Depois, voltei para o hostel descansar, o primeiro dia por Nova York tinha terminado.

por do sol em Nova York - le bain balada
Por do Sol em Nova York

Dia 02

O segundo dia começou a caminho do Pier. Eu havia reservado um passeio de barco pelo rio Hudson. Mas, no caminho do pier, passei sem querer em frente ao prédio do New York Times e de outros dois prédios muito interessantes que estudei na faculdade. O primeiro deles foi o Hearst Tower, projetado pelo arquiteto Norman Foster e o segundo foi o Landmark Via 57 West, projetado pelo escritório BIG – Bjarke Ingels Group.

Hearst tower - projeto de Norman Foster em Nova York
Hearst Tower, projetado pelo arquiteto Norman Foster
projeto BIG em Nova York
Via 57 West, projetado pelo escritório BIG

Cheguei no pier faltando uma meia hora para o horário de saída do passeio, chamado de Best of NYC Cruise. No passeio pude ver a Estátua da Liberdade, além do novíssimo The Vessel, do One World Trade Center, entre tantos outros prédios cartões postais da cidade. Passei sob a Brooklyn Bridge e de todas as pontes que ligam a ilha e vi todo o skyline de Manhattan de uma maneira única. 

Bem perto do Pier está um dos mais novos cartões postais de Nova York, inaugurado em 2019: o The Vessel, que foi projetado por Thomas Heatherwick e nada mais é que várias escadas interligadas por meio de plataformas. Esse era um dos pontos que eu estava mais ansioso em conhecer.

O ingresso, com entrada free, para subir até o topo da estrutura é distribuído no próprio local e tem hora marcada. Fui na alta temporada e consegui ingresso para 1 hora depois, achei um tempo de espera bem tranquilo.

The Vessel Nova York - Diego Cabraitz Arena
The Vessel

Lá de cima podemos ver o “estacionamento” de trens e o Rio Hudson. 

The Vessel em NYC
Interior The Vessel

Atrás do The Vessel está o The Shops Hudson Yards, com várias lojas de grife. Foi conhecendo o shopping que esperei até dar meu horário de conhecer a estrutura.

A pouquíssimos minutos dali está o Highline Park, um jardim suspenso, com mais de 2 km de extensão, que foi construído em uma antiga via férrea da cidade.

No parque passamos por áreas para descansar, áreas para leituras e mostras de arte, vemos algumas esculturas como a LOVE, e alguns prédios bem modernos como o projetado pela arquiteta Zaha Haddid. Em um dos pontos podemos observar o grafite do artista brasileiro Kobra.

Fiquei um tempo andando pelo Parque e depois fui até o Chelsea Market (há uma entrada para o Highline Park bem próximo ao mercado). Este é um dos mercados mais tradicionais da cidade, com vários restaurantes e lojinhas interessantes. Aproveitei para almoçar por ali mesmo, eu já tinha andado tanto já que estava morrendo de fome haha.

onde comer em Nova York - chelsea Market
Chelsea Market

A última parada do dia foi o Empire State Building, um arranha-céu de 102 andares, construído no estilo art deco que já foi considerado, por 40 anos, como o maior prédio do mundo e hoje é um dos maiores da cidade de Nova York.

Antes da viagem tinha lido em vários lugares que o ideal é visitar o prédio próximo do horário do por do sol, para ver a cidade de dia e, poucos minutos depois, toda iluminada. 

Empire State Building
Empire State Building
Vista Empire State Building
Vista Empire State Building

Dia 03 em Nova York – Museus

O terceiro dia foi praticamente todo reservado para conhecer alguns dos principais museus de Nova York.

O primeiro que visitei foi o Museu de História Natural, localizado em frente ao Central Park, onde as principais salas, e que atraem o maior numero de visitantes são: a dos dinossauros, a da biodiversidade e a dos meteoritos. Muito interessante!

Geralmente
Dinossauro no museu de história natural de nova york
Dinossauro no Museu de História Natural

Depois de visitar o museu aproveitei para passear um pouco pelo Central Park, atravessando até chegar no Metropolitam Museum of Art, onde podemos ver diversos itens sobre arte asiática, arte egípcia, instrumentos musicais, arte grega e romana, arte medieval, moderna e contemporânea.

Parque em Nova York - Central Park NY
Central Park

O terceiro, e ultimo, museu do dia foi o Museu Solomon R. Guggenheim, construído e projetado pelo arquiteto Frank Lloyd Wright, se tornando um marco para a arquitetura mundial.

Guggenheim - NY City Pass
Guggenheim Museum

Tanto o Metropolitan, como o Guggenheimestão localizados na Quinta Avenida (Fifth Avenue), famosa por suas lojas de grife e locais para fazer compras. Aproveitei para entrar em várias delas. Entre as lojas desta avenida podemos citar: Apple Store, Prada, Fendi, Abercrombie, Gucci, Prada, Louis Vuitton etc.

onde comprar iphone em Nova York - apple store
Apple Store 5 Avenida

À noite, voltei para a Times Square. Já tinha visitado o local no primeiro dia, mas durante o dia e resolvi voltar para ver como era a noite. Sabe aquilo que falei da resolução dos outdoors? Se, durante o dia eu já tinha ficado impressionado, durante a noite achei mais incrível ainda. 

É um lugar bem bacana para passear durante a noite. Há vários bares, restaurantes na região, todos bem movimentados. Ahh… duas lojas bem legais para conhecer ai são a da Hershey´s e a da M&Ms

Times Square a Noite
Times Square a noite

Dia 04

Meu ultimo dia em Nova York. O meu voo de volta para São Paulo sairia no final da tarde, então eu teria apenas a manhã e o comecinho da tarde para ver mais algum lugar pela cidade.

Tinha separado este dia para conhecer a região do DUMBO ( abreviação de Down Under Manhattan Bridge Overpass), que é uma área bem instagramavel e famosa de onde temos uma vista bem legal da Manhattan Bridge. E também gostaria de ir para a Brooklyn Bridge

Porém, quando peguei o metrô… LOTADO. Pensei comigo: pra onde essa galera toda esta indo? Domingo. Aí me toquei, era dia de New York Pride, a parada LGBT.

Então, já que eu estava no metrô e perto de onde aconteceria o evento, decidi mudar meus planos e ver como era o evento em Nova York e deixei o DUMBO e a Ponte do Brooklyn para uma próxima visita. Afinal, é sempre bom ter uma desculpa para voltar para Nova York, não é mesmo?!

parada LGBT em Nova York
Parada LGBTQ+ NY

Fiquei um tempo pelo evento. Voltei para o hostel pegar a mala e fui para o Aeroporto. A viagem tinha terminado. Depois de 15 dias pela Califórnia e 4 dias em Nova York, estava na hora de voltar para São Paulo. 

Onde comer em Nova York

É impossível falar em gastronomia em Nova York e não falar de todas as redes de fast food e comidas rápidas espalhados pela cidade. Como passei somente 4 dias, queria aproveitar ao máximo a maior quantidade de atrações possíveis, ou seja, comi hambúrguer quase todos os dias: Shake Shack, Five Guys, Bareburger etc. E um dia comi no Chelsea Market. 

O blog Travel Tips Brasil fez um post bem bacana contando onde comer e beber em Nova York, vale a pena dar uma olhada e ter opções mais interessantes que somente hambúrguer. 

Onde se Hospedar em Nova York

A cidade de Nova York possui MUITAS opções de hospedagem para todos os tipos de pessoas e bolsos. Separei neste post algumas opções desde hotéis 5 estrelas até hostels, localizados na Ilha de Manhattan. Todos apontando para o Booking, onde podemos ver mais informações sobre o hotel e preços.

Hotéis 5 estrelas: SIXTY Soho, Conrad New York Downtown, Le Méridien New York – Central Park, Four Seasons Hotel Downtown, Gramercy Park Hotel, InterContinental New York Barclay Hotel, The Langham 5th Avenue, e o Conrad New York Midtown.

Alguns Hotéis 4 estrelas: Millenium Hilton NY UN Plaza, Pod Times Square, Radisson Hotel Wall Street, Warwick New York, Hudson New York – Central Park, The Standard High Line NY, e o Courtyard by Marriot – Manhattan Central Park.

Dicas de Hotéis 1, 2 e 3 estrelas: Pod 51, The Watson Hotel, Midtown Convention Center, Hotel Pennsylvania, Days Hotel by Windham on Bradway, Belnord Hotel, e o Element Times Square West.

Hostels: HI NY Hostel (me hospedei neste hostel e gostei bastante, principalmente por conta da localização, a poucos quarteirões do Central Park e de duas estações do metro), Chelsea International Hostel, West Side YMCA, e o Vanderbilt YMCA.

Preciso de Seguro Viagem para ir à Nova York?

É sempre recomendado fazer o seguro viagem quando estiver indo aos Estados Unidos. Qualquer ida ao hospital, ou pronto socorro, pode acarretar em uma conta bem alta. A dica é cotar um seguro com a SegurosPromo. Pelo link do blog e utilizando o Cupom UMAVIAGEM5, você garante 5% de desconto, podendo chegar a 10% caso o pagamento seja realizado via boleto bancário. 

Planejando sua Viagem de 4 dias em Nova York

Organize e planeje sua viagem de 4 dias em Nova York através do nosso blog. Temos parcerias com algumas grandes empresas, que possuem ótimos preços e serviços de qualidade. Utilizando os serviços abaixo através do Uma Viagem Diferente, você ajuda a manter o blog no ar e ainda garante o melhor preço. Economizando na sua viagem!

HOSPEDAGEM → Garanta o melhor preço com o Booking.com
CHIP DE INTERNET → Já saia do Brasil com chip de internet com a Viaje Conectado
SEGURO VIAGEM → Viaje com segurança com a SegurosPromo
PASSAGEM AÉREA → Encontre passagens baratas com a PassagensPromo

Bom, essas são algumas dicas do que fazer em 4 dias em Nova York. E você já conheceu ou quer conhecer o lugar? Curtiu? Compartilhe sua experiencia conosco.

Vai para lá e quer mais dicas, não deixe de ver nosso posts:

Hasta luego e até o próximo post.

Diego Arena

21 comentários em “4 dias em Nova York. Dicas do que fazer e roteiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.