Parques em São Paulo: 16 dicas para relaxar

São Paulo possui mais de 100 parques e áreas verdes espalhados por todas as regiões da cidade. Neste post fiz uma seleção de 16 Parques em São Paulo para conhecer e fugir do agito de caos do dia a dia. Vem com a gente conferir?!

Parques em São Paulo

Parque do Ibirapuera

O primeiro parque da lista é o Parque do Ibirapuera, o querido dos paulistas, apelidado carinhosamente de Ibira. Um local para relaxar, descansar, encontrar os amigos, andar de bike ou patins, jogar futebol, vôlei ou basquete nas quadras do parque, brincar de slack-line, malhar, namorar e conhecer vários pontos importantes do parque, passando tranquilamente um dia todo por lá.

Além da área verde é possível conhecer os prédios projetados pelo arquiteto Oscar Niemeyer, como: o MAM (Museu de Arte Moderna), o prédio da Fundação Bienal (sede da Bienal de Artes de São Paulo, SP Fashion Week etc), a Oca, o  MAB (Museu Afro Brasil), o Pavilhão das Culturas Brasileiras, o Pavilhão Japonês, o Planetário e o Auditório do Ibirapuera. Ahh, e se ainda tiver tempo vale a pena atravessar a avenida e conhecer o MAC (Museu de Arte Contemporânea) que é um dos locais que mais gosto na cidade de São Paulo, com uma vista bem legal do Parque do Ibirapuera. 

E não tem como falar do Ibira sem comentar do famoso Lago, que fica sobre o Túnel Airton Senna. De onde é possível admirar um lindo por do sol!

por do sol no parque do ibirapuera, parques em sao paulo
Por do sol no lago do Parque do Ibirapuera

Endereço e como chegar: O Parque do Ibirapuera está localizado na Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, no bairro Ibirapuera. A maneira mais fácil de ir até lá é descer na estação Paraíso ou Ana Rosa (ambas estações da linha 1 – azul e linha 2 – verde) e caminhar aproximadamente 15 a 20 minutos até uma das entradas do Parque. 

Parque do Carmo

O Parque do Carmo é um dos mais tranquilos e vazios da cidade, localizado na zona Leste da cidade. Mas, é durante a tradicional Festa das Cerejeiras, que comemora a florada de uma árvore símbolo do Japão, que o parque recebe milhares de visitantes diariamente, todos em busca de fotos incríveis e para a prática do “hanami”, que consiste em sentar sob essas árvores e contempla-las.

Além da Festa das Cerejeiras, o parque abriga o Museu do Meio Ambiente, uma pista de cooper, lago, ciclovia, o Bosque da Leitura, Monumentos à Imigração Japonesa, e o Viveiro Arthur Etzel.

Endereço e como chegar: O Parque do Carmo está localizado na Avenida Afonso de Sampaio e Souza, 951, bairro Itaquera. A estação de metrô mais próxima é a Corinthians- Itaquera (Linha 3- Vermelha, e linha da CPTM)

Jardim Botânico de São Paulo

O Jardim Botânico de São Paulo, é um dos parques e jardins mais vazios que já visitei em São Paulo. Em funcionamento desde 1938, o Jardim está a poucos metros de outro ponto turístico importante da cidade: o Zoológico.

Por lá podemos conhecer: o Jardim de Lineu, o Lago das Ninféias, o Bosque das Imbúias, o Jardim dos Sentidos, o Lago dos Bugios além do Orquidário, das trilhas e, claro, as famosas áreas para piquenique. Todos os lugares, para quem ama tirar fotos e atualizar o Instagram, são bem fotogênicos e é possível tirar fotos incríveis.

Este é o único parque desta lista que cobra um valor para a entrada de visitantes: R$7,00 (preço de 2020).

Endereço e como chegar: O Jardim Botânico de São Paulo está localizado na Avenida Miguel Estéfano, 3031, no bairro Água Funda. A maneira mais fácil de visitar o local é indo de carro, mas se a ideia é ir de transporte público, você pode descer na estação Saúde ( Linha 1 – azul) e de lá pegar um ônibus ou um carro de aplicativo. 

Parque da Luz

O Parque da Luz, originalmente criado como um horto botânico, foi aberto ao público em 1825 com o nome: Jardim Público da Luz. O local é considerado o parque público mais antigo de São Paulo, localizado em frente à Estação da Luz e ao lado da Pinacoteca do Estado de São Paulo.

No parque podemos ver um coreto, playground, uma gruta com cascata, e um aquário subterrâneo com diversas espécies de peixes de água doce, o Bosque da Leitura, a exposição permanente de esculturas e o museu Casa do Administrador.

Embora um parque bem bonito e interessante, é sempre bom tomar bastante cuidado ao andar por ele, isso porque são diversos os relatos de assaltos e furtos por ali, principalmente ao anoitecer.

Endereço e como chegar: os Jardins estão localizados na Praça da Luz, s/nº, bairro Bom Retiro, em frente a Estação Luz (linha 1- Azul, linha 4- Amarela e da CPTM).

Parque do Trianom – Tenente Siqueira Campos

O Parque do Trianon, inaugurado em 1892, é um refugio de silêncio e tranquilidade no meio do agito e correria da Avenida Paulista. O verde das grandes árvores remanescentes da Mata Atlântica contrastam com os vidros e concreto dos grandes prédios comerciais da região e com o vermelho do MASP, o Museu de Arte de São Paulo, que está em frente ao parque. 

Além das árvores centenárias, no interior do parque, é possível observar a escultura “Fauno”, de Brecheret, e a “Aretusa”, de Francisco Leopoldo Silva.

escultura o fauno no parque do trianon em sao paulo
Escultura “O Fauno” no Parque do Trianon.

Uma curiosidade é que o nome atual do parque foi dado somente em 1931, para homenagear Siqueira Campos, um militar e político brasileiro que participou do movimento tenentista e considerado um dos heróis da Revolução do Forte de Copacabana, que aconteceu em julho de 1922.

Endereço e como chegar: o Parque do Trianon está localizado na Avenida Paulista, em frente ao MASP – Museu de Arte de São Paulo. A maneira mais fácil de chegar no local é de metro. O parque está a 1 quarteirão da estação Trianon – MASP (linha 2- verde). 

Parque Prefeito Mario Covas

O Parque Prefeito Mario Covas está localizado na esquina da Avenida Paulista com a Alameda Ministro Rocha de Azevedo e a apenas um quarteirão do Parque do Trianon. 

Antigamente este parque era o jardim da residência Vila Fortunato, de propriedade da família Thiollier, que foi demolida em 1972. Em 1991, o Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo) iniciou processo de tombamento do imóvel e estabeleceu diretrizes para ocupação do mesmo, assim, em 2010 foi aberto ao público como um pequeno parque, com 5 mil metros quadrados, onde hoje que funciona o CIT Paulita, um centro de informações turísticas. 

Endereço e como chegar: O Parque Prefeito Mario Covas está localizado na Avenida Paulista, 1853, bairro Bela Vista. A estação de metrô mais próxima é a Consolação (Linha 2- Verde).

Parque da Independência

O Parque da Independência está localizado em frente ao Museu Paulista, conhecido como Museu do Ipiranga, edifício que foi inaugurado em 1895, mas que está em reforma e restauro previstos para serem terminados em 2022. 

O Parque é bastante procurado e frequentado por patinadores e skatistas, que adoram andar pela alameda que vai desde o Museu até o Monumento à Independência do Brasil, que na verdade é uma cripta, onde estão os restos mortais de Dom Pedro I, de sua esposa D. Leopoldina de Habsburgo e também de sua segunda esposa, D. Amélia de Leuchtenberg.

museu do ipiranga em sao paulo, museu da independencia, parque da independencia
Parques em São Paulo – Vista para o Museu do Ipiranga

Endereço e como chegar: o Parque está localizado em frente ao Museu da Independência. A estação de metrô mais próxima ao local é a Estação Alto do Ipiranga ( Linha 2- Verde).

Parque da Água Branca – Parque Doutor Fernando Costa

O Parque da Água Branca é um parque com uma experiência bem diferente, isso porque enquanto você caminha por ele encontrará alguns animais soltos pelo parque, como: patos, pavões, galinhas e gansos. Até parece que por alguns minutos você saiu de São Paulo e se teletransportou para algum sitio ou fazenda do interior. 

São 137 mil metros quadrados, com playgrounds para a criançada, academia, lago, áreas de convivência e para atividades como esportes, danças, cursos e feiras e exposições ( que geralmente acontecem aos finais de semana).

Endereço e como chegar: O Parque está localizado na Avenida Francisco Matarazzo, 455, no bairro Água Branca. A estação mais próxima é a Estação Barra Funda ( Linha 3- Vermelha) e após sair do metro fazer uma caminhada de aproximadamente 800 metros. 

Praça Por do Sol

A Praça Por do Sol é o nome popular da Praça Coronel Custódio Fernandes Pinheiros, localizada no bairro Alto de Pinheiros, na Zona Oeste, uma das mais famosas da cidade, pois, além de ser um dos pontos mais procurados para ver o por do sol na cidade, fica bem próxima à diversos bares, restaurantes e casas noturnas de São Paulo. 

Aos finais de semana, é quando a praça fica mais cheia. A galera costuma ir para a praça ver o por do sol e depois se reunir com os amigos em algum barzinho ali perto.

Geralmente
praça por do sol em São Paulo
Praça Por do Sol. Foto retirada de pracapordosol.com

Endereço e como chegar: a Praça Por do Sol está localizada na Rua Desembargador Ferreira França, S/N, bairro Alto De Pinheiros, a aproximadamente 2 km do metro Vila Madalena (Linha Verde) ou Estação Faria Lima (Linha Amarela), uma caminhada de aproximadamente 15 minutos.

Parque Alfredo Volpi

Localizado na zona Sul de São Paulo, foi inaugurado nos anos 1970. Nesta época era conhecido como Bosque do Morumbi, mas alguns anos mais tarde recebeu o nome de Parque Alfredo Volpi para homenagear um dos maiores pintores da história.

Entre os principais pontos do parque, em uma área de 142 mil m², estão: uma trilha de caminhada, uma pista de cooper, uma área para fazer piqueniques, além de lagos e nascentes. Os frequentadores do parque, que são em sua maioria moradores da região, sempre avistam diversos animais e pássaros pelo parque, como tucanos, pica-paus, bichos preguiça e saguis, o que deixa a experiência e o descanso do agito do caos de São Paulo ainda melhor.

Endereço e como chegar: O Parque Alfredo Volpi está localizado na Rua Engenheiro Oscar Americano, 480. A estação mais próxima é a Estação Cidade Jardim (Linha 9 – CPTM)

Parque Villa Lobos

O Parque Villa Lobos tem esse nome para homenagear o compositor Heitor Villa-Lobos. Localizado na Zona Oeste de São Paulo, as margens do Rio Pinheiros e da Marginal, este é um dos parques mais visitados da cidade de São Paulo.

São 732 mil m² que abrigam ciclovia, quadras, bosque, campos de futebol, playground, aparelhos de ginástica, pista de cooper, além do “Circuito das Árvores” que é uma passarela elevada com 120 metros de extensão que, no ponto mais alto, chega a ter 3,5 metros de altura, e o  “Orquidário Ruth Cardoso”, o ponto mais fotografado do Parque.

parques em sao paulo, parque villa lobos
Vista para o Parque Villa Lobos

Endereço e como chegar: o Parque Villa Lobos está localizado na Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001, bairro Alto de Pinheiros. A maneira mais fácil de chegar é indo de transporte público. O parque tem um acesso que é interligado com a Estação Villa Lobos ( Linha 9 – Esmeralda, da CPTM).

Parque da Aclimação

O Parque da Aclimação, foi adquirido pela Prefeitura em 1939 e tombado em 1986 pelo Condephaat, mas antes disso foi sede do primeiro zoológico da cidade, no final do século 19, um local inspirado no Jardin D’Acclimatation, de Paris.

Sua pista de cooper é muito utilizado para a prática de corrida e caminhada, e com certeza é o local mais disputado do parque, mas o parque também abriga uma concha acústica, um lago, o Jardim Japonês, além de campos de futebol, voleibol, basquetebol, playgrounds para a criançada se divertir e a Biblioteca Raul Boop, no interior do parque. 

Endereço e como chegar: o Parque da Aclimação está localizado na Rua Muniz de Sousa, 1119, no bairro Aclimação. A estação de metrô mais próxima é a Paraíso ( Linha 1- Azul/ Linha 2- Verde), e depois de sair da estação é preciso uma caminhada de aproximadamente 15 minutos (2 km).

Parque do Povo – Mário Pimenta de Carvalho

O Parque do Povo é um escape para diversos trabalhadores dos diversos prédios de serviços e comerciais da região do Itaim Bibi. 

As áreas mais procuradas do parque são: a área do gramado central, de onde é possível observar alguns arranha-céus da região, como o Shopping JK Iguatemi, além do Jardim Sensitivo, o enorme tabuleiro de xadrez, quadras poliesportivas com marcação especial para esportes paraolímpicos, aparelhos de ginástica de baixo impacto, quadras e campo de futebol, onde é praticado o famoso futebol de várzea e áreas para corridas e caminhadas. 

parque do povo em São Paulo
Vista para o JK Iguatemi

Endereço e como chegar: O Parque do Povo está localizado na Avenida Henrique Chamma, 420, no bairro Itaim Bibi. O parque está próximo a  Estação Cidade Jardim (Linha 9 – Esmeralda da CPTM).

Parque da Juventude

O Parque da Juventude, inaugurado em 2003, está instalado no lugar onde funcionava a antiga Casa de Detenção de São Paulo, popularmente conhecida como Carandiru

São 240 mil metros quadrados divididos em 3 áreas: Parque Esportivo (onde estão as quadras, a pista de skate e a pista de cooper), Parque Central ( uma área verde, com jardins, alamedas, bosques e algumas passarelas que foram conservadas do antigo presídio), e o Parque Institucional ( onde está a Escola Técnica Estadual (ETEC), um posto do Acessa SP e a Biblioteca de São Paulo). Por lá também acontecem shows e festivais, além de exposições, mostras de arte e apresentações teatrais.

Endereço e como chegar: O Parque da Juventude está localizado na Avenida Zachi Narchi, 1309, em Santana. O local está praticamente em frente a estação Carandiru (Linha 1- Azul).

Parque Estadual da Cantareira

O Parque Estadual da Cantareira, com mais de 7900 hectares e considerado uma das maiores áreas de mata dentro de uma região urbana no mundo, está localizado na Zona Norte da cidade, com uma área na cidade de São Paulo, além de áreas em: Mairiporã, Guarulhos e Caieiras.

O Parque é dividido em núcleos: Núcleo Pedra Grande, Núcleo Engordador, Núcleo Águas Claras e o Núcleo Cabuçu. Os visitantes que procuram este parque são em sua maioria os apaixonados por ecoturismo e trilhas. No Núcleo Pedra Grande, que é a parte que compreende a cidade de São Paulo, está a trilha da Pedra Grande, com um percurso de aproximadamente 9,6 km ida e volta, onde chegamos a 875 metros de altura e podemos ter uma vista incrível da cidade. 

pedra grande são paulo - lugares para ver são paulo do alto
Parques em São Paulo- Pedra Grande

Endereço e como chegar: O Núcleo Pedra Grande está localizado na Rua do Horto, 1799, no bairro Horto Florestal.

Parque Ecológico do Tietê

O Parque Ecológico do Tietê – Centro de Lazer Engenheiro Goulart, localizado entre os bairros de São Miguel Paulista e o município de Guarulhos possui muitos atrativos para os visitantes, como: campos de futebol e quadras poliesportivas, trilhas para caminhada, playgrounds, área com churrasqueiras para locação, além de um Centro de Educação Ambiental, o Museu do Tietê e um Centro de Recepção de Animais Silvestres ( com cerca de dois mil animais, que foram doados pela população ou apreendidos pelo Ibama e pela Polícia Florestal).

É no Parque Ecológico do Tietê que alguns dos maiores clubes de futebol abrigam seus centros de treinamentos privados, como: Corinthians, Portuguesa e as categorias de base do Palmeiras.

Endereço e como chegar: O Parque está Rua Guirá Acangatara, 70 – Engenheiro Goulart. A estação mais próxima é a Engenheiro Goulart (Linha 12 – Safira), e para chegar de carro, o acesso fica na Rodovia Ayrton Senna, na altura do km 17.

Planejando sua Visita aos Parques em São Paulo

Organize e planeje sua viagem para os parques em São Paulo através do nosso blog. Temos parcerias com algumas grandes empresas, que possuem ótimos preços e serviços de qualidade. Utilizando os serviços abaixo através do Uma Viagem Diferente, você ajuda a manter o blog no ar e ainda garante o melhor preço. Economizando na sua viagem!

HOSPEDAGEM → Garanta o melhor preço com o Booking.com
CHIP DE INTERNET → Já saia do Brasil com chip de internet com a Viaje Conectado
SEGURO VIAGEM → Viaje com segurança com a SegurosPromo
PASSAGEM AÉREA → Encontre passagens baratas com a PassagensPromo

Bom, essas são algumas dicas de Parques em São Paulo. E você já conheceu ou quer conhecer o lugar? Curtiu? Compartilhe sua experiência conosco. Tem algum parque ou lista de parques em São Paulo que você acha que deveria estar nessa lista? Conte pra gente!

Vai para São Paulo e quer mais dicas, não deixe de ver nosso posts:

Hasta luego e até o próximo post.

Diego Arena

10 comentários em “Parques em São Paulo: 16 dicas para relaxar

  • 22/07/2020 em 12:13
    Permalink

    Adorei as dicas de parques em São Paulo. Sempre que posso vou a algum, inclusive, conheço muitos desta lista. Morava perto do Aclimação e sempre ia lá.

    Mas ainda me faltam o Parque do Carmo, o Parque Estadual da Cantareira e o Parque Ecológico do Tietê.

    Abraço!

    Resposta
    • 23/07/2020 em 22:37
      Permalink

      Nada melhor que visitar um parque e sair do agito e loucura de São Paulo né?
      Aclimação eu fui pouquissimas vezes, preciso voltar, eu adorei lá 🙂

      Resposta
  • 22/07/2020 em 13:47
    Permalink

    Sensacional a sua seleção! Realmente não sabia que SP tinha tantos parques e sua escolha por esses 16 me pareceu bem acertada, pois são todos muito lindos e eu só conheço dois, o do Ibirapuera e da Independência. Apaixonei pelo Jardim Botânico e já coloquei na lista. Seu texto “Parques em São Paulo: 16 dicas para relaxar” está ótimo! Obrigada!

    Resposta
    • 23/07/2020 em 22:35
      Permalink

      O Jardim Botânico de São Paulo é incrível! Vale a pena visitar e tirar várias fotos por la 😀

      Resposta
  • 23/07/2020 em 13:55
    Permalink

    E depois dizem que São Paulo é só prédio. Seu post mostra que tem sim muita parte natural espalhada por esses parques em São Paulo. Muitos não conheço e já selecionei os que quero ir quando voltar a São Paulo.

    Resposta
  • 23/07/2020 em 18:42
    Permalink

    Os Parques em São Paulo são lindos e bem cuidados, nós amamos. Muito legal suas dicas.

    Resposta
    • 23/07/2020 em 22:36
      Permalink

      Os Parques são lindos né? Obrigado pelo comentário 😀

      Resposta
  • 26/07/2020 em 22:38
    Permalink

    Amo parques mas em São Paulo conheci apenas o Ibiraquera. Acho maravilhoso esses pontos para a cidade respirar, sobretudo nessa capital frenética que é Sampa! Fiquei com vontade de conhecer o Parque do Carmo durante a festa da cerejeira.

    Resposta
  • 27/07/2020 em 01:01
    Permalink

    Eu sou de Campinas e acabo indo pra São Paulo várias vezes ao ano e sempre encaixo um ou outro passeio turístico, mas acabo esquecendo q tem tanto parque por aí rs. Uma coisa q ainda quero fazer é ver o pôr do sol da Praça Por do Sol rs e mais ainda, ver as cerejeiras no Parque do Carmo, mas todo ano acabo perdendo a época rs!

    Resposta
  • 29/07/2020 em 14:44
    Permalink

    Parques são opções perfeitas! Ar livre!! Amei o elenco!! Fui no Parque Ibirapuera e fiquei apaixonada!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.