Visita à Vinícola Concha y Toro – Chile

Mesmo não entendendo muito de vinho (para não falar nada) os planos de visitar uma vinícola já estava no roteiro assim que decidi ir para Santiago do Chile com uns amigos. Há diversas vinícolas nas proximidades de Santiago dentre elas, e uma das mais famosa a Concha y Toro, que fica no Valle del Maipo na cidade de Pirque.

Diversas agências vendem pacotes com o translado ida e volta saindo da capital chilena, mas quando falamos dos planos de visitar Concha y Toro para os recepcionistas do hostel, eles nos disseram que poderíamos ir de metro até lá e era super fácil e rápido. Bastava pegar o metro até a estação Puente Alto- Las Mercedez e de lá, pegar um táxi ou um ônibus, que te deixa na porta da vinícola. Fizemos exatamente isso.

Há dois tipos de tours, a Visita Tradicional que é a mais barata e dura aproximadamente uma hora e o Marques de Casa Concha, um pouco mais caro pois há degustação de queijos e vinhos especiais guiada por um sommelier no final do tour. Todas as visitas devem ser agendadas pelo próprio site da Concha y Toro, porém o pagamento é feito na vinícola.

Ambas as visitas podem ser feitas em espanhol, inglês ou português, basta escolher o horário da visita de acordo com o idioma que preferir, pelo site. O tour que escolhemos seria em espanhol, mas como só havia brasileiros no grupo a guia foi super simpática e começou a explicar tudo em português, bem atenciosa.

O Tour por Concha y Toro

A visita começa pelos enormes jardins da fazenda, passando pela casa que é usada como área administrativa e antigamente era residência da família Concha y Toro.

Casa Concha y Toro
Jardins
Jardins

Depois dos jardins e da Casa, seguimos até a área das plantações de uvas.

Pinnot Gris
Torontel
Carménère

Ficamos um tempo conhecendo a plantação e os diferentes tipos de uvas que ali são plantadas e depois disso provamos o primeiro vinho, um vinho branco.

Primeira taça
Vinho Branco

Fomos até a área onde eles armazenam os vinhos. E a seguir mais uma degustação, um Carménère.

Área de Armazenamento de Vinhos
2 taça - Carménère

Depois fomos conhecer o vinho mais famoso e conhecido, o Casillero del Diablo. Toda a lenda envolvendo este nome é contada de uma forma bem interessante com uma animação projetada nas paredes da área em que estes vinhos estão armazenados. Após a explicação e conhecer a área, degustamos o último vinho do Tour Tradicional, um Cabernet Sauvignon. Ahh… a taça deste último vinho fica conosco como lembrança da visita.

Casillero del Diablo
Projeções
Entrada Casillero del Diablo
3a Taça

Tour marques de Casa Concha

Por fim, depois de conhecer tudo e já ter tomado 3 taças… lá fomos nós para o Tour Marques de Casa Conha, onde um sommelier nos apresenta mais quatro tipos de vinhos especiais da série Marques de Casa Concha e nos explica como combinar queijos com vinhos. Confesso que não lembro qual combina com qual haha.

Tour Marques de Casa Concha

Ao final eles nos entregam de presente a tábua de madeira. Saímos do tour e fomos conhecer a loja de fabrica deles, bem na entrada da vinícola. Os vinhos ali são muito mais baratos que no supermercado, além de ter uma variedade bem grande.

Planejando sua Viagem

Organize e planeje sua viagem através do nosso blog. Temos parcerias com algumas grandes empresas, que possuem ótimos preços e serviços de qualidade. Utilizando os serviços abaixo através do Uma Viagem Diferente, você ajuda a manter o blog no ar e ainda garante o melhor preço. Economizando na sua viagem!

HOSPEDAGEM → Garanta o melhor preço com o Booking.com
ALUGUEL DE CARRO → Alugue um carro com a Rentcars
SEGURO VIAGEM → Viaje com segurança com a SegurosPromo
PASSAGEM AÉREA → Encontre passagens baratas com a PassagensPromo

Bom, essas são algumas dicas de Concha y Toro. Já fez o tour? Compartilhe sua experiência conosco. Outras vinícolas bem legais para se visitar são: a Cousino Macul e a Undurraga.

Até mais

Diego Arena

Diego

Veja os comentários

  • Depois de sete vinhos eu também não me lembrava de mais nada rsrsrs.

    • O Chile é demais. Ainda tenho várias cidades de lá na minha listinha. Surpreendente :D

Posts recentes

O que fazer em Embu das Artes

Embu das Artes, localizada à aproximadamente 30 quilômetros de São Paulo, é uma cidade bastante…

27/11/2020

Viagem internacional à prova de falhas: o que levar na bagagem

[Post por UM VIAJANTE DIFERENTE] Viajar para outro país é um dos principais objetivos de…

26/11/2020

Itens imprescindíveis para viajar

[POST POR UM VIAJANTE DIFERENTE] Uma das maiores saudades de algumas pessoas é viajar, pois…

25/11/2020

Um dia em Capitólio, Minas Gerais

Capitólio, localizada às margens do Lago de Furnas, se tornou uma das cidades mais procuradas…

12/11/2020

Roteiro de 16 dias pela Tailândia

Durante um roteiro de quase dois meses pela Ásia, onde passei por 9 países (Qatar,…

10/11/2020

Como é se hospedar no Hotel de Sal em Uyuni

Quando fechei o tour de 4 dias para o Salar de Uyuni, saindo e voltando…

05/11/2020