/Roteiro de 18 dias pela Itália

Roteiro de 18 dias pela Itália

Cheguei na Itália pelo Aeroporto Internacional Leonardo da Vinci, Fiumicino, às 9 da manhã. Cheguei na imigração, entreguei o passaporte ao oficial da alfandega, ele abriu, olhou pra mim, carimbou o passaporte e disse: Benvenuto in Itália! (Não acreditooooo, estou em Roma !!!)

No total foram 10 cidades, à começar por Roma, a capital do país.

Há muito o que ver nesta cidade, o Colosseu, o Foro Romano, o Monumento a Vittorio Emanuele II, o Pantheon (um dos lugares mais incríveis que já entrei), a Piazza Navona, o  Castel Sant`Angelo com uma vista bem interessante do Vaticano, a Fontana di Trevi, a  Piazza Venezia, a Via del Corso, a Piazza di Spagna e diversos outros pontos importantes.

Fiquei por lá 6 dias, usando-a como base para passar um dia conhecendo as ruínas de Pompéia,  a cidade que em 79d.C. foi totalmente destruída pela erupção do vulcão Vesúvio. Fiquei aproximadamente quatro horas andando pelas ruínas. Havia sempre algo novo e interessante para se ver.

Pompeii
Pompeii Scavi

Voltando de Pompéia passei por Napoli. Confesso que não gostei muito, bem diferente das outras cidades que passei .Mas esta cidade tem seu charme. Aproveitei para comer a verdadeira pizza napolitana. Uma delicia.

Também usei quase um dia todo para conhecer o Vaticano, com a Piazza San Pietro, a Basílica, e o Musei Vaticani onde está famosa a  Capela Sistina.

Você não pode deixar de subir os 551 degraus para chegar na cúpula da basílica. Uma subida por partes bem estreitas, onde as paredes vão ficando inclinadas e quando você percebe esta todo torto, praticamente de lado subindo kkk. Claustrofóbicos não se dão bem neste lugar, pois além de inclinado, há muita gente… e se começar a subir… terá que ir até o topo. Ah! O topo!!! Quando você chega nele até se esquece dos apertos e o quanto você subiu ao se deparar com a vista de toda Roma.

Depois de Roma segui para Firenze, de trem, até  a estação central da cidade, Santa Maria Novella, onde fiquei 3 dias conhecendo a Piazza del Duomo, o Museu Uffizi, a Piazza della Signoria, a Galleria dell’Accademia,  o Pallazo Pitti, a Ponte Vecchio entre outros pontos. Firenze, ou Florença, é uma cidade que respira arquitetura. Ah.. não deixe de ir na Piazzale Michelangelo, onde você pode ver a cidade do alto, o visual é sensacional. Uma dica é ir no final da tarde para aproveitar o por-do-sol.

Vista Santa Maria del Fiore
Vista Santa Maria del Fiore

Usei o quarto dia em Firenze para fazer um bate volta até Pisa e conhecer a famosa Torre de Pisa, localizada na Piazza dei Miracoli (Praça dos Milagres). É incrível! Na Piazza estão outros monumentos religiosos importantes, como o Duomo, o Battistero e o Camposanto (cemitério). Bora tirar aquela famosa foto segurando a torre ? haha (não tirei a minha :/).

Após Firenze fui para Veneza. Ah… Veneza, seus canais, a Biennale de Architettura di Venezia, a Piazza San Marco, o Grand Canale, a Galleria dell`Accademia, a Igreja Salute. Veneza é apaixonante, mesmo para os solteiros. A dica que me deram e passo para todos é: Perca-se em Veneza! Ande por suas ruas apertadas e estreitas, pelos seus canais sem medo de se perder! Você vai se surpreender! Fiquei la 4 dias, deixando um dia separado para conhecer as ilhas de Murano e Burano.

Milão foi a última cidade italiana do mochilão. Uma cidade que respira e é referência mundial em design. É lá que está a Galeria Vittorio Emanuelle II,  o Teatro alla Scala,  a Piazza del Duomo, o Duomo de Milano, o Museo del 900, o Castello Sforezco na frente do Parco Sempione,  a Igreja Santa Maria delle Grazie, onde você pode tentar achar uma vaga para ver o Cenacolo de da Vinci, a Santa Ceia. (Não consegui vaga .. preciso voltar um dia para Milão para tentar novamente). Design, design, design . Milão te surpreenderá!

Catedral de Milão
Duomo di Milano

Todas as viagens foram feitas de trem, e embora eu tenha ido na alta temporada sempre foi bem fácil achar uma passagem com preço legal. Bom, esse foi meu roteiro pela Itália. Passando por Roma, Pompéia, Nápoles, Vaticano, Firenze, Pisa, Veneza, Murano, Burano e Milão. 18 dias foi um tempo bem tranquilo para fazer tudo com calma e conhecer bem todas essas cidades.

Após Milão segui até Paris e depois Londres, a ultima cidade do mochilão.

E você já foi para lá? Curtiu ? Está planejando sua viagem pela Itália? Compartilhe sua experiência conosco.

Até o próximo post.

Diego Arena