Pousando no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo

Atualizado em

O Aeroporto de São Paulo, ou Deputado Freitas Nobre, ou como todos conhecem: o Aeroporto de Congonhas, é um aeroporto doméstico e o segundo mais movimentado do Brasil. Algumas pessoas morrem de medo de pousar ali, por ele se localizar em uma área urbana, bem próximo à diversos prédios e também por seu histórico de acidentes. 

Congonhas foi construído na década de 1930 em uma área que ficava longe do centro da cidade. Mas com o passar do tempo foi envolvido pela cidade e se tornou um aeroporto central. Tem capacidade para atender cerca de 6.500 pessoas por hora, o que é equivalente a um pouso ou uma decolagem a cada 2 minutos. O Aeroporto atualmente funciona das 06:00 às 23:00 hs, somente com vos nacionais e regionais para mais de 30 destinos, incluindo a ponte aérea Rio-São Paulo, a mais movimentada do país.

Pousando no Aeroporto de Congonhas

Para quem gosta de viajar pela janela, como eu, quando ouvir a frase: “Tripulação, preparar para o pouso”, não deixe de olhar pela janela. Você conseguirá ver diversos edifícios importantes da cidade de São Paulo e diversos avenidas e pontos famosos. Podemos ver a Marginal Pinheiros e a Marginal Tietê, duas vias de grande fluxo, um dos mais recentes shoppings de São Paulo, o Tietê Plaza Shopping, e o Parque Vila Lobos.

Aeroporto de Congonhas
Pousando em Congonhas

Depois de passar pelas Marginais, vemos o bairro da Vila Madalena, famoso por seus barzinhos e restaurantes, com seu icônico Instituto Tomie Ohtake, projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake, um lugar que recebe diversas exposições bem legais durante o ano. Um pouco mais a frente conseguimos ver o Parque do Ibirapuera, o maior parque da cidade de São Paulo, com o MAM (Museu de Arte Moderna), o prédio da Fundação Bienal e Oca,  ambos projetados por Oscar Niemeyer. Onde podemos passar andando, vendo o por do sol no lago, ou ver várias exposições interessantes. E láááá no fundo está a Avenida Paulista, que dispensa comentários… Não pode faltar em uma visita à Sampa.

Já bem próximo à pista de pouso passamos por cima da Avenida Faria Lima, onde podemos ver o “Prédio do Google“, o Shopping Iguatemi, o Museu da Casa Brasileira, entre outros. Neste ponto já estamos bem próximos aos edifícios da cidade. Bemmm perto mesmo. Medinho? kkk

E na hora de pousar.. é um pouco diferente de outros aeroportos, como Guarulhos. Em Congonhas a frenagem acontece de uma forma mais brusca, devido ao tamanho da pista. Se segure!!! haha e Bem Vindo à São Paulo!!! 🙂

Se precisar de dicas sobre a cidade temos aqui!

Street View

Ahhh, da pra você passear por dentro do Aeroporto de Congonhas com o Google Street View, dê uma olhada:

Onde se Hospedar perto do Aeroporto de Congonhas

Há várias opções próximo ao Aeroporto. Tenho um post mostrando algumas opções aqui: Onde se hospedar próximo ao Aeroporto de Congonhas.

Planejando sua Viagem

Organize e planeje sua viagem através do nosso blog. Temos parcerias com algumas grandes empresas, que possuem ótimos preços e serviços de qualidade. Utilizando os serviços abaixo através do Uma Viagem Diferente, você ajuda a manter o blog no ar e ainda garante o melhor preço. Economizando na sua viagem!

HOSPEDAGEM → Garanta o melhor preço com o Booking.com
ALUGUEL DE CARRO → Alugue um carro com a Rentcars
SEGURO VIAGEM → Viaje com segurança com a SegurosPromo
PASSAGEM AÉREA → Encontre passagens baratas com a PassagensPromo

Bom, essas são algumas dicas. E você já pousou em Congonhas? Compartilhe sua experiência conosco.

Até mais

Diego Arena

23 comentários em “Pousando no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo

  • Pingback: Como solicitar o Certificado Internacional de Vacinação - Uma Viagem Diferente

  • 01/08/2017 em 06:39
    Permalink

    Hahaha o pouso é meio tenso né, Diego? E acho que fiquei um pouco traumatizada depois do acidente que teve por lá. Voei à trabalho milhares de vezes por esse aeroporto e na volta sempre me dá um friozinho na barriga. Dizem que no Rio de Janeiro a sensação é pior ainda, mas nunca experimentei rs.. 😉

    Resposta
    • 03/08/2017 em 01:21
      Permalink

      É bem tenso mesmo, tem que se segurar haha, o do Rio de Janeiro eu achei bem tranquilo, já pousei nos dois aeroportos lá e comparado com Congonhas é tranquilidade =)

      Resposta
  • 01/08/2017 em 08:46
    Permalink

    Pousar em congonhas é uma aventura realmente interessante, especialmente pra quem é paulistano e sempre vê a cidade do nível da rua. 🙂 mas vou confessar, tenho um pouco de aflição daquela pista tão curta, rs.

    Resposta
  • 01/08/2017 em 18:34
    Permalink

    Realmente, pousar em Congonhas é uma adrenalina e tanto. E no Santos Dumont, no Rio, também. Parece que a pista vai acabar e que o avião não vai conseguir parar.

    Resposta
  • 03/08/2017 em 13:27
    Permalink

    Eu não sou muito fã desse aeroporto não, sempre que posso, escapo por GRU. Mas o mais interessante é ver a bolha que cobre São Paulo pousando em Congonhas. Show!!

    Resposta
  • 03/08/2017 em 14:46
    Permalink

    Sabes que, apesar do medinho, eu gosto de pousar lá, heheheh. Acho também diferente aquele montão de prédio grudadinho. Legal as fotos do teu post! Em novembro pousarei lá de novo e vou lembrar de olhar todos estes pontos interessantes que mencionastes.

    Resposta
  • 03/08/2017 em 22:46
    Permalink

    Nunca voei por Congonhas, geralmente vou por GRU, que fica mais perto porque venho do interior.
    Linda a vista que se tem da cidade na aterrissagem.
    E deve dar um pouco de medo por ele ser tão próximo dos prédios da cidade.

    Resposta
  • 04/08/2017 em 01:26
    Permalink

    Dá medinho mas eu me amarro! Aquela vista clássica de Sampa! Adoro!!

    Resposta
  • 04/08/2017 em 12:05
    Permalink

    Excelente dica para quem vai fazer uma conexão larga no Aeroporto de Congonhas, ou para quem quer conhecer essa região de São Paulo.

    Resposta
  • 04/08/2017 em 13:38
    Permalink

    Uma palavra sobre pousar em Congonhas: medo. hahahaha Se for com chuva então, até eu que sou ateia faço uma oração kkkkk
    Tem que ser piloto bom para pousar nesse aeroporto.

    Resposta
    • 13/08/2017 em 19:43
      Permalink

      Hahaha ainda bem que nunca pousei lá com chuva. Ai sim deve ser bem tensinho.

      Resposta
  • 04/08/2017 em 14:05
    Permalink

    Ahhh que cidade linda! Como é bom ver SP do alto, né?! Uso bastante o aeroporto de Congonhas, mas procuro nem pensar no pior… já ouvi muita gente com experiência na área dizer que não dá pra usar a pista porque é muito curta, mas… melhor que ir pra Guarulhos, né?! Hehehehehe!

    Resposta
  • 04/08/2017 em 14:45
    Permalink

    Me lembro das primeiras vezes que pousei lá, há uns 20 anos. Eu achava aquilo uma loucura, voar tão baixo em meio a tantos prédios. Mas Congonhas é muito prático né, sempre que possível marco meus voos para lá. Bem mais prático que Guarulhos.

    Resposta
    • 13/08/2017 em 19:43
      Permalink

      Com certeza, pela praticidade é o melhor aeroporto, mas realmente passa muito perto haha

      Resposta
  • 04/08/2017 em 15:41
    Permalink

    Morro de medo. Trabalhei na cobertura do acidente, então na hora do pouso eu sempre fecho os olhos e rezo (tem dado certo até agora). Obrigada pelas fotos, agora eu sei como é a vista… hahaha

    Abraço,

    Resposta
    • 13/08/2017 em 19:41
      Permalink

      Nossa, pra você deve ser pior ainda pousar lá. Realmente foi bem tenso o acidente lá =/

      Resposta
  • 04/08/2017 em 17:08
    Permalink

    Adoro o Skyline de São Paulo, sem sombra de dúvidas uma das cidades mais cosmopolitas do mundo! Lindaa suas fotos do alto. Parabens pelo post.

    Resposta
  • 05/08/2017 em 11:17
    Permalink

    Descer em Congonhas é sempre uma emoção, mas no Santos Dumont então é um sufoco. É bem verdade que o visual é lindo, mas dá um medinho. Adorei as fotos! Parabéns pelo post

    Resposta
  • Pingback: Aeroporto de Viracopos, em Campinas: Como ir de São Paulo

  • Pingback: Beto Carrero World, Penha e Balneário Camboriú em um final de semana

  • Pingback: O que fazer em Palmas, Tocantins - Uma Viagem Diferente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.