/O que fazer em Punta del Este em dois dias
Playa Mansa

O que fazer em Punta del Este em dois dias

Saímos de Buenos Aires, de Buquebus (ferry boat), com destino a cidade de Punta del Este, uma das principais cidades do Uruguai. Punta divide o Oceano Atlântico do Rio de La Plata e é famosa por suas praias, para todos os gostos, calma (Rio) e agitada (Oceano).

Chegamos já à noite. O Terminal de Buses fica bem no centro da cidade e quase em frente ao Monumento Los Dedos. Fomos direto para o hostel deixar as coisas. Comemos ali mesmo e fomos ver o Los Dedos. A lua estava linda aquela noite.

Dia 01 – Punta del Este

O primeiro dia amanheceu bem quente. Começamos o passeio pelo Los Dedos, o principal ponto turístico da cidade, também conhecido como Monumento ao Afogado. A escultura fica em Playa Brava, banhada pelo Oceano Atlântico e foi feita por Mario Irarrázabal. Representa uma pessoa se afogando e foi colocada neste local para conscientizar os banhistas dos perigos desta praia, com um mar bem agitado. A fila para tirar uma foto ali é gigante. Quase impossível tirar uma sozinho.

Punta del Este
Los Dedos

Depois da escultura ficamos pela praia, que é bem diferente das que estamos acostumados no Brasil. Algumas áreas são com areia bem fina, outras com cascalhos, outras com pedras. Nem parece a mesma praia e cada ponto se torna único. A água é bem gelada, mas dá para acostumar. haha 

Playa Brava
Playa Brava

Seguimos até a Calle 20, famosa por suas lojas como Valentino, Daniel Casi, Arredo. Depois fomos para a Avenida Gorlero, a principal avenida da cidade. Almoçamos no La Passiva, um bife a milanesa com fritas (aproximadamente 40 reais por pessoa- janeiro/2018). Estava bem gostoso. Este foi o restaurante mais barato que vimos. Vale a pena pesquisar.

Depois do almoço seguimos até a Feria Artesanal de Punta del Este, localizada na Plaza General Artigas, para a Playa Los Ingleses e ao Puerto de Punta del Este. Ali ficam diversos restaurantes com vista para a Playa Mansa. Todos bem caros (o prato não sai por menos de 100 reais por pessoa – janeiro/2018). A Playa Mansa, como o nome mesmo já diz, é bem mais calma e tranquila que a Playa Brava e é banhada pelo Rio de La Plata. Ficamos um tempo passeando por ali.

À tarde, fomos ao Terminal de Buses e pegamos um ônibus até Punta Ballena para conferir o pôr do sol na Casapueblo. A arquitetura do local é incrível e o pôr do sol sensacional. Vale muito a pena. Contei como foi esse passeio aqui.

Casapueblo
Casapueblo

Dia 02 – Punta del Este

No segundo dia, resolvemos passar a manhã e parte da tarde na cidade próxima, chamada Piriápolis. Com uma orla bem legal e menos cheia que Punta del Este. Contarei mais desse passeio em breve.

De volta à Punta fomos de novo a Playa Mansa, onde pudemos andar por um trapiche, chamado de Muelle Playa Mansa. Ali pudemos ver o hotel mais famoso de Punta: o Hotel e Cassino Conrad.

Playa Mansa
Playa Mansa
Hotel e Cassino Conrad
Hotel e Cassino Conrad

Ficamos por ali até o sol se pôr. Bem bonito também.

Punta del Este
Por do Sol na Playa Mansa

Outros pontos para conhecer na cidade: Faro de Punta, a Paróquia da Candelária, o Museo Rallí e o Parque de las Esculturas – Fundación Pablo Atchugarry e o Museu do Mar e a Puente Ondulada, que fica em La Barra .

Andamos pelo centro, a noite, que é bem movimentado. Passamos pelo Museo La Vista e voltamos para o hostel, onde jantamos um pancho, um dos pratos mais típicos do Uruguai.

Civito
Pancho

Dicas importantes:

  • Em vários lugares do Uruguai, os estabelecimentos só passam o cartão com bandeira Visa. Então, antes de consumir ou querer comprar algo, confirme se o seu cartão vai passar. E uma curiosidade: pagando em cartão, os restaurantes dão um desconto de aproximadamente 20% na compra. Vale a pena.
  • Não troque dinheiro no Aeroporto de Carrasco, ou se precisar trocar, faça o cambio do mínimo possível, pois em Montevidéu, a cotação é mais favorável.

Mapa:

Bom, essas são algumas dicas do que fazer em Punta del Este. E você já esteve por lá? Curtiu? Compartilhe sua experiencia conosco.

Até o próximo post.

Diego Arena