Centro Histórico de São Luís, Maranhão

Se você estiver de passagem por São Luís do Maranhão, não pode deixar de conhecer seu Centro Histórico. Embora esteja descuidado e abandonado, ainda se vê seu charme por suas vielas e becos.

Como não sabia por onde começar, fui até a Central de Informação Turística, localizada na Praça Dom Pedro II, no térreo  do antigo Palácio do Comércio. A guia que estava ali trabalhando foi bastante receptiva e me explicou um pouco da história de São Luís e o que eu não poderia deixar de ver por ali, já que eu teria pouco tempo. No CIT (Centro de Informação Turística), me deparei com dois personagens do folclore do Maranhão, o Bumba-meu-boi , da festa de São João e o Fofão, personagem do Carnaval.

O Centro Histórico de São Luís

Segui pelo caminho sugerido pela Guia. Bem em frente a Praça Dom Pedro II está a Catedral da Sé e o Museu de Arte Sacra, o conjunto religioso mais imponente e importante do centro.

Catedral da Sé e Museu de Arte Sacra São Luís
Catedral da Sé e Museu de Arte Sacra

Depois, rumo ao Palácio dos Leões, onde funciona a sede do Governo do Maranhão.
Há visitas guiadas, de graça, à partir das 14 horas e aos domingos às 9h da manhã. Na visita pode-se conhecer a área social do Palácio, com seus mobiliários franceses e portugueses dos séculos XVIII e XIX.

Ali, no século XVII, funcionava um forte construído pelos franceses. Com a tomada da cidade pelos portugueses, o forte deixou de existir, e em seu lugar foi construido o palácio, de pau-a-pique. Ao longo dos séculos XVIII e XIX, após várias reformas foi transformado no palácio que vemos hoje, com seus jardins projetados por Burle Max.

Depois segui até o beco mais famoso do centro, conhecido como Beco da Catarina Mina, que segundo contam era uma escrava muito bonita, que se casou duas vezes, a primeira delas com um senhor muito rico, que morreu deixando toda sua fortuna com a qual Catarina comprou sua alforria,  alguns bens e a alforria de seus melhores amigos. Este beco e escadaria tem o nome em sua homenagem.

Beco Catarina Mina São Luís
Beco Catarina Mina

Bem próximo ao Beco está a Rua Portugal, onde fica o maior conjunto de sobrados de fachadas revestidas com azulejos portugueses de São Luís. É nesta rua que está o Museu de Artes Visuais e onde funcionam diversas lojas com produtos regionais.

Rua Portugal São Luís
Rua Portugal

Do outro lado da Rua Portugal está a Antiga Casa das Tulhas, onde hoje funciona o Mercado das Tulhas, aí você vai encontrar artesanatos regionais, lembrancinhas,  e a famosa Tiquira (cachaça de mandioca).

Saí do Mercado em Direção ao Largo do Comércio. Andei pelas ruazinhas do Centro e me deparei com uma construção abandonada, minha preferida na região.

Casa No centro Historico de São Luís
Pelo Centro Histórico de São Luís

Mais algumas fotos:

Onde se hospedar em São Luís

Há várias opções de hospedagem em São Luís, para todos os tipos de pessoas e bolsos. Separei neste post algumas opções, todas linkadas para o Booking, onde podemos ver mais informações e preços.

Geralmente

Hotéis 5 estrelas: Hotel Luzeiros São Luis e Blue Tree Towers São Luis.

Opções de Hotéis 4 estrelas: Grand São Luis Hotel, Rio Poty Hotel by Tarrafas, Calhau Praia Hotel, Brisamar Hotel & Spa.

Hotéis 1,2 e 3 estrelas: Stop Way Hotel, Litorânea Praia Hotel, Hotel Santos Dumont, e Veleiros Mar Hotel

Planejando sua Viagem

Organize e planeje sua viagem através do nosso blog. Temos parcerias com algumas grandes empresas, que possuem ótimos preços e serviços de qualidade. Utilizando os serviços abaixo através do Uma Viagem Diferente, você ajuda a manter o blog no ar e ainda garante o melhor preço. Economizando na sua viagem!

HOSPEDAGEM → Garanta o melhor preço com o Booking.com
ALUGUEL DE CARRO → Alugue um carro com a Rentcars
SEGURO VIAGEM → Viaje com segurança com a SegurosPromo
PASSAGEM AÉREA → Encontre passagens baratas com a PassagensPromo

Bom, essas são algumas dicas do Centro histórico de São Luis. E você já esteve por lá? Curtiu ? Compartilhe sua experiência conosco.

De São Luís podemos ir para os Lençóis Maranhenses, o blog Te Vejo pelo Mundo conta pra gente como é o passeio.

Até o próximo post.

Diego Arena

27 comentários em “Centro Histórico de São Luís, Maranhão

  • 11/12/2016 em 19:40
    Permalink

    Cada vez mais cresce em mim São Luís. História, cultura e povo. Tenho que me agendar para vivê-la. Obrigado pelo post. Meu abraço.

    Resposta
  • 09/03/2017 em 16:11
    Permalink

    Adoraria conhecer … Maranhão está na minha lista!
    Só acho triste que não esteja preservado, não é?! Uma beleza histórica tão rica e linda do nosso país sendo desgastada pelo tempo …
    bjks

    Resposta
  • 09/03/2017 em 17:37
    Permalink

    Que pena Diego que o Centro Histórico de São Luís esteja descuidado! Isso parte meu coração. Sabe que em Salvador acontece o mesmo?! Não estão tratando bem nossa história, nosso passado!

    Mesmo com as feridas expostas o centro me pareceu uma graça e tens razão: aquela construção abandonada é muito bela! 🙂

    bjus

    Resposta
  • 09/03/2017 em 18:18
    Permalink

    Tenho uma vontade de conhecer São Luís. Mas porque o centro histórico está abandonado? Uma pena que não cuidem bem de lugares assim. Abraços.

    Resposta
    • 11/03/2017 em 14:25
      Permalink

      Não sei porque está assim. Mas acho que o governo e a população deviam se juntar e cuidar melhor deste patrimônio incrível. Abraço

      Resposta
  • 09/03/2017 em 21:41
    Permalink

    Fui a São Luís várias vezes muitos anos atrás. O Centro HIstórico estava reformado e lindo. Uma pena o descaso, né?

    Resposta
  • 10/03/2017 em 15:03
    Permalink

    Parabéns pelo post! São Luís é uma cidade linda. O Centro Histórico embora descuidado é um tesouro cheio de histórias.

    Resposta
    • 11/03/2017 em 14:22
      Permalink

      Obrigado!
      Sim, conhecer a história e ver nosso país é tão diferente e multi cultural é algo muito interessante.

      Resposta
  • 10/03/2017 em 15:45
    Permalink

    Pelas suas fotos, o centro histórico parece até que bem conservado! AMO centro histórico de tudo que é cidade, todas as épocas e estilos! Ainda não estive no Maranhão.
    Adorei saber da cachaça de mandioca e também me fascinam as construções abandonadas (não sei por quê hehe)! Parabéns pelo relato.
    Abraço

    Resposta
    • 11/03/2017 em 14:20
      Permalink

      Também gosto de construções assim haha.
      Postei as fotos que achei mais interessantes, mas haviam vielas com muito entulho, lixo. Construções bem interessantes, mas totalmente abandonadas que podiam servir para diversos usos e trazer mais vida para a região.
      Obrigado pelo comentário =)

      Resposta
  • 11/03/2017 em 14:50
    Permalink

    Fiquei muito encantada quando conheci São Luís.
    É muita história, muita beleza e muito calor, hehe.
    Quando fomos era mês de junho e estava tudo decorado alusivo as festas juninas e estava tão lindo, a cara do nordeste.
    Abraços!

    Resposta
  • 11/03/2017 em 20:20
    Permalink

    Uma pena mesmo uma riqueza maravilhosa destas descuidada em nosso país. Mas, mesmo assim, são lugares lindos. Amei a Rua Portugal! Post muito legal, parabéns!

    Resposta
    • 11/03/2017 em 20:50
      Permalink

      Obrigado 🙂
      A rua Portugal é bem interessante, esses azulejos nas fachadas são incríveis!
      Obrigado pelo comentário.

      Resposta
  • 12/03/2017 em 10:08
    Permalink

    Oi Diego! Eu ainda não conheço São Luís, mas os locais parecem ser bem legais. Não conhecia o personagem Fofão não. Nunca tinha ouvido falar dele, na verdade! Gostei da história da escrava Catarina. Ainda bem que ela ajudou os amigos, né? He he he he…
    Pelo pouco tempo que você disse ter, você até conheceu bastante coisa!
    Parabéns!
    Abraços
    Carolina

    Resposta
    • 17/03/2017 em 22:11
      Permalink

      Eu sempre tento conhecer o máximo que posso em viagens.
      Acho que o mosquitinho que me picou e me viciou fez um bom trabalho hahah
      Também adorei a história da Catarina

      Obrigado pelo comentário 😉

      Resposta
  • Pingback: O meu país. – escreversonhar

  • Pingback: 2 anos do Blog Uma Viagem Diferente – Uma Viagem Diferente

  • 20/07/2019 em 05:30
    Permalink

    Uma pena o descaso, mas mesmo assim eu adoraria conhecer o centro. Estive por lá tão rápido que não deu tempo de nada. É muita história por lá!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.