/2 dias em Londres: o que fazer na capital inglesa
Diego Cabraitz Arena - Tower Bridge London

2 dias em Londres: o que fazer na capital inglesa

Atualizado em

Passei apenas dois dias pela capital da Inglaterra, graças a uma escala de um longo voo vindo da Ásia. Mesmo com pouco tempo consegui passar por diversos pontos importantes e bem interessantes da cidade. Vem com a gente conferir o que fazer em 2 dias em Londres?!

Depois de passar 50 dias pela Ásia, peguei um voo em Bali com destino a São Paulo. Porém, meu voo teve algumas escalas. Primeiro, 3 horas de voo até Jakarta, a capital da Indonésia, depois mais 12 horas de voo até Doha – no Qatar, e mais 9 horas de voo até em Londres – onde minha escala duraria 2 dias (opção minha) e de Londres voltaria para São Paulo, mais 11 horas de voo.

Eu conheci Londres em 2014, mas durante o verão. Aproveitei que tive a opção de parar em Londres para ver como é a cidade no inverno e também para dar uma quebrada neste voo longuíssimo de volta para casa. 

Cheguei em Londres as 22 horas local. Neste dia fui direto para o hostel descansar. Foi descansar mesmo, o jetlag estava horrível. Consegui pegar no sono apenas umas 4/ 5h da manhã e as 8h meu despertador já tocou… Bora aproveitar Londres.

Roteiro 2 dias em Londres

Dia 01 – Manhã

Acordei. Tomei um banho e sai do hostel. Era dia 03 de dezembro, o céu estava bem azul, mas o vento estava forte e a temperatura estava em torno de 1ºC. Frio!. Próximo de onde eu estava hospedado havia uma  uma empresa de fast-food chamada Pret a Manger, aproveitei para tomar um chocolate quente e comer um sanduíche natural. 

Pret a Manger - onde tomar cafe em Londres
Chocolate Quente

O primeiro ponto visitado foi o British Museum, o museu mais importante da cidade e um dos mais completos do mundo, contando a história da civilização desde a pré história até os dias atuais. Entre as principais áreas do museu estão a área egipcia, a grega e a romana. O museu, que teve projeto de retrofit pelo arquiteto Norman Foster, tem entrada gratuita. 

museus em Londres - British MuseumBritish Museum

Após o British, segui até a JD Malat Gallery, onde estava rolando uma exposição temporária, bem interessante, da artista brasileira Nina Pandolfo. Andei pela região da Canarby Street, que é repleta de lojas e restaurantes até chegar no The National Gallery (a Galeria Nacional).

Este museu é bem interessante, com obras de Van Gogh, Picasso, Botticelli, Caravaggio, Michelangelo, Raphael, entre outros e fica em frente a Trafagal Square. Como era dezembro, ali na praça acontecia um dos diversos Mercados de Natal da cidade.

National Gallery Londres - O que fazer em Londres
National Gallery Londres

Dia 01 – à tarde

A poucos minutos da Trafagal, está a London Eye, um dos principais cartões postais de Londres. Desta vez não subi na roda gigante, apenas fiquei andando pela área, tirando algumas fotos e conferindo mais um Mercado de Natal (há vários espalhados pela cidade nesta época do ano).

O preço para andar na London Eye estava £30 (preço de dezembro/ 2019).

London Eye - Roda Gigante em Londres
London Eye – 2 dias em Londres

Próximo ponto foi a Westminster Bridge, de onde tirei a foto do Palace of Westminster e da Torre Big Ben, ambos em reforma, que está prevista para ser finalizada no final de 2021. 

Big Ben em reforma,Londres
Big Ben em reforma

Eram aproximadamente 15 horas e o sol já estava se pondo. Como estava bem próximo ao St James’s Park aproveitei para tirar algumas fotos, afinal árvores praticamente sem folhas + por do sol, sempre dão ótimas fotografias. Andei no parque até chegar no Buckingham Palace

St James Park em Londres
St James Park

Do outro lado do parque esta a Piccadilly Circus e a Regent Street, duas importantes vias. Há diversas lojas por ali – como a Fortnum & Mason, museus – como o Burlngton House, além de restaurantes como o Five Guys, e o Hard Rock Café London.

Piccadilly Circus no Natal
Piccadilly Circus no Natal

Aproveitei para comer um lanche, já havia andado bastante e a fome estava grande. Entrei no restaurante ainda estava claro, e quando saí, tudo escuro. Nesta época do ano às 16h/ 16h30 já está noite em Londres. 

Dei uma volta por ali, vi a Loja da Lego, a Loja da M&Ms, mais um Mercado de Natal e peguei um metro para voltar ao hostel. Já estava com muito sono (jetlag), resolvi descansar para aproveitar o segundo e último dia em Londres.

Piccadilly Circus no Natal
Piccadilly Circus no Natal

Dia 02

No segundo dia fui ao Sky Garden, um mirante jardim localizado no topo do edifício Walkie-Talkie, projetado pelo arquiteto uruguaio Rafael Viñoly. O Mirante não é tão alto quanto o do The Shard, que é o prédio mais alto de Londres, mas a grande diferença é que para subir nele é de graça e no The Shard você paga aproximadamente £30 (preço de dezembro/ 2019).

Sky Garden Londres - Vista de Londres
Sky Garden Londres

A vista do The Garden, que fica no 35º andar, é incrível. É possível ver o Rio Tamisa, a prefeitura, a London Bridge, a Tower Bridge, o Wembley Stadium, e o melhor, você vê o The Shard!

Vista Sky Garden Londres
Vista Sky Garden

Saí do mirante e, bem próximo dele, há diversos prédios bem interessantes, tanto para quem gosta de arquitetura quanto para turistas em geral. São eles: o Lloyds Building, projetado por Richard Rogers e o 30st Mary Axe, conhecido como The Gherkin, projetado por Norman Foster.

Dia 02 à tarde

Segui em direção ao Rio Tamisa, onde passei em frente à Tower of London, um castelo histórico localizado dentro da cidade que foi construído em 1066.

Tower of London
Tower of London

Atravessei a Tower Bridge, e fiquei andando pelo outro lado do rio. Vi o City Hall, a prefeitura de Londres que também foi projetada por Norman Foster, a Hay’s Gallery, o HMS Belfest que é um navio de guerra que funciona como um museu, e cheguei na London Bridge. Em frente a prefeitura estava rolando mais um Mercado de Natal, mas com uma variedade ainda maior de barraquinhas de comida.

Tower Bridge Londres
Tower Bridge Londres
Diego Cabraitz Arena - Tower Bridge London
Eu e a Tower Bridge

A região da London Bridge é bem interessante para se conhecer. Andei um pouco pela Borough High Street, vi o The Shard de perto (mas não subi porque achei bem caro), e entrei na King’s College London – Guys Campus, onde havia uma exposição de artes e trabalhos de alunos. 

Por último, entrei no Borough Market, um mercado que você encontra de tudo, diversos tipos de cogumelos, queijos, carnes, bebidas, frutas e legumes e também diversos lugares para comer, tanto salgado como doces. Aproveitei para experimentar uma torta de uma das barraquinhas, estava uma delicia. 

Depois peguei o metro de volta ao hostel, peguei a mala e fui em direção a Estação King’s Cross, onde peguei o metro até o Aeroporto de Heathrow. Mas antes, passei e tirei uma foto na Plataforma 9 3/4, que fica dentro da estação. Ali também funciona uma loja que vende diversos produtos bem interessantes da saga Harry Potter e Animais Fantásticos. Vale a pena!

Estação Kings Cross Londres - Harry Potter em Londres
King’s Cross

Diego Cabraitz Arena - Kings Kross até HogwartsEu indo para Hogwarts

Era hora de ir embora…. Mas, mesmo com pouco tempo por Londres deu para passar por diversos pontos bem importantes e rever essa cidade que, para a minha surpresa, embora bem fria estava com um céu azul. Em 2014 passei 5 dias pela cidade, durante o verão, e todos os dias foram bem nublados.

Onde se hospedar em Londres

Achar um hotel em Londres não é uma tarefa nada simples. A cidade possui centenas de opções de hotéis, cada uma com sua peculiaridade e atrativo. Minha dica é escolher algum hotel que fique perto de alguma estação de metro, ou da maioria dos pontos turísticos que você deseja conhecer.

Separei neste post algumas opções de hospedagem, todas linkadas para o Booking, onde podemos ver mais informações sobre os hotéis e preços.

Hotéis 5 estrelas: Courthouse Hotel Londres, Leonardo Royal London St Paul’s, The Standard London, The Marble Arch London, e o Tower Suits by Blue Orchid.

Opções de hotéis 4 estrelas: Hard Rock Hotel London, Park Plaza Hotel Waterloo, citizenM London BankSide, Crowne Plaza London Kings Cross e o Radisson Blu Edwardian

Hotéis 1, 2 e 3 estrelas: St Giles London, Waterloo Hub Hotel & Suits, Ibis London Blackfriars, The Wellington Hotel e o Ibis Styles Southwark.

Hostels: Generator London (Me hospedei neste hostel, que ficava a poucos quarteirões da estação Kings Cross do Metro. O hostel era bem confortável, e os quartos estavam quente no inverno. Além disso havia uma área bem grande de convivência entre os hospedes, e um bar/ restaurante no interior do hostel. Gostei bastante.), YHA London Earls’s Court, Clink78 Hostel e o Clink261 Hostel.

Preciso de Seguro Viagem para ir à Londres?

Não é obrigatório ter seguro viagem para entrar na Inglaterra. Este não é um documento ou algo que vão te pedir na imigração, porém, em outros países da Europa o Seguro Viagem é obrigatório, com uma apólice de cobertura de €60.000 (sessenta mil euros). Se você aproveitar sua viagem à Londres e for para outro país as chances de te pedirem na imigração são altas.

Além disso, é sempre recomendável fazer o seguro para qualquer viagem internacional. Uma dica é cotar com a SegurosPromo, que sempre tem promoções bem bacanas e ótimos preços. Pagando no boleto o desconto ainda é maior. 

Planejando sua Viagem de 2 dias em Londres

Organize e planeje sua viagem através do nosso blog. Temos parcerias com algumas grandes empresas, que possuem ótimos preços e serviços de qualidade. Utilizando os serviços abaixo através do Uma Viagem Diferente, você ajuda a manter o blog no ar e ainda garante o melhor preço. Economizando na sua viagem!

HOSPEDAGEM → Garanta o melhor preço com o Booking.com
CHIP DE INTERNET → Já saia do Brasil com chip de internet com a Viaje Conectado
SEGURO VIAGEM → Viaje com segurança com a SegurosPromo
PASSAGEM AÉREA → Encontre passagens baratas com a PassagensPromo

Bom, essas são algumas dicas do que fazer em 2 dias em Londres. E você já conheceu ou quer conhecer o lugar? Curtiu? Compartilhe sua experiência conosco. Vai para Londres e quer mais dicas: 

Hasta luego e até o próximo post.

Diego Arena